Como se conectar profundamente com alguém, em pouco tempo:

6min. de leitura

Fazer amigos e construir relacionamentos não é fácil para a maioria de nós. Muitas vezes, o problema está em ir além das linhas tradicionais de conversação, como: “Olá, como vai você?” Ou “Será que chove hoje?”.

Isso, pelo menos, leva você a uma conversa com alguém, mas, muitas vezes, sua resposta encerra a interação imediatamente: “Estou bem, obrigado” ou “O tempo deve melhorar no fim de semana”.



Se você ficar sem palavras em momentos assim, então você precisa aprender a aumentar suas habilidades interpessoais.

Se quiser manter uma conversa, você deve fazer como um jogo de pingue pongue.

Por exemplo, ao jogar tênis de mesa com alguém, você estará envolvido em uma ação de ida e volta com eles. É semelhante a como conversas se iniciam e são sustentadas. Uma das partes apresenta uma ideia ou pergunta – e os comentários ou respostas da outra parte.

A autodivulgação segue o mesmo padrão. Por exemplo, você foi almoçar com um novo colega e além de falar sobre a comida – você começa a ficar sem assunto. Neste caso, você pode mudar para o modo de autodivulgação e dizer algo como: “Você não pode acreditar, mas eu trabalho aqui há mais de 10 anos. Na verdade, este é o trabalho mais longo que já tive “. Ao divulgar esses dois fatos interessantes sobre você, é provável que seu novo colega escolha também compartilhar algo sobre eles. Eles podem responder dizendo: “Uau, 10 anos é muito tempo! O meu trabalho mais longo foi apenas por 6 anos. Mas a minha esposa trabalha no mesmo lugar há 12 anos. Tempo mais longo que nosso casamento!”. E então você poderá continuar com esse jogo.


Voltando à nossa metáfora do tênis de mesa, pense em um momento em que você jogou contra um novo oponente. Se não fosse durante uma competição oficial, então você provavelmente passou alguns minutos jogando uns contra os outros durante o aquecimento. Isso permite que cada um de vocês avaliassem como a outra pessoa rebatia, seu provável nível de habilidade, etc.

A autodivulgação nas conversas é algo bem parecido. Pequenas conversas se movem para questões mais profundas e, gradualmente, cada um começa a revelar mais sobre seus sonhos, medos e crenças para a outra pessoa.

Claro, um equilíbrio deve ser sempre encontrado entre a abertura e proximidade. Por exemplo, você pode não querer revelar detalhes íntimos para um novo conhecido, no entanto, você pode se sentir confortável fazendo isso com um velho amigo. Você sabe se você é um bom parceiro correspondente depois de algumas rodadas desse jogo. Depois de um aquecimento divertido, um jogo de tênis de mesa normalmente começa a se mover para um nível mais sério.


É neste ponto que você e seu oponente vão apresentar técnicas de rotação e outros movimentos. Em outras palavras, você começará a se tornar mais íntimo e conectado do que durante a fase de aquecimento.

Você também descobrirá se você é ou não compatível com a pessoa. Depois de chegar a uma certa profundidade de conversa através dessa autodivulgação mútua, rapidamente será claro se os dois podem se tornar amigos. Você, instintivamente, tomará essa decisão com base em como as crenças, os valores e o status social da outra pessoa se comparam aos seus.

Pratique. A autodivulgação não é a coisa mais fácil de fazer. Às vezes, é preciso coragem para sair da sua zona de conforto. No entanto, os resultados valem o esforço. Você construirá amizades de forma mais rápida e fácil. Você também saberá quando uma amizade pode se mover para um relacionamento mais profundo e de longo prazo. (Romântico ou platônico).

Já demos muita informação neste artigo. E para ajudá-lo a lembrar-se, listamos os pontos principais abaixo:

A autodivulgação na conversa é recíproca.

Gradualmente, introduza níveis mais profundos de autodivulgação à medida que conhece alguém.

-Avalie a “compatibilidade” ao ouvir as crenças, os interesses e os valores que outros lhe revelam.

-Esteja disposto a adaptar a sua conversa e o nível de autodivulgação para combinar com a pessoa com quem conversa.

Em última análise, a autodivulgação torna-se natural quando temos uma amizade íntima ou um relacionamento com alguém. Queremos contar-lhes as nossas esperanças e sonhos – e também queremos ouvir as suas.

Então, da próxima vez que você não tiver coisas para dizer a um novo conhecido, deixe a autodivulgação abrir caminho.

________

Direitos autorais da imagem de capa: dolgachov / 123RF Imagens

Traduzido pela equipe de O Segredo – Fonte: Life Hack

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.