Comportamento

Daiane dos Santos sofre críticas por causa do seu físico e declara: “Cabeça boa para enfrentar”

A ex-ginasta relatou em uma entrevista o que fez para não se deixar levar por comentários ofensivos em relação ao seu corpo.



Uma das maiores ginastas do Brasil, Daiane dos Santos é conhecida mundialmente pelas contribuições ao esporte. Foi a primeira brasileira a conquistar uma medalha de ouro em um campeonato mundial de ginástica artística.

Aos 38 anos, ela está aposentada do esporte, mas participa ativamente das Olimpíadas deste ano, como comentarista. Por causa disso, voltou a aparecer na mídia, em vários programas de televisão e comentando, sempre que possível, como a passagem pelo esporte foi importante em sua vida.

De acordo com informações do Wix, Daiane falou recentemente ao programa “Encontro com Fátima Bernardes” que foi muito criticada quando seu corpo começou a se transformar. Declarou que começou a competir aos 14 anos e, aos 16, ganhou sua primeira medalha de prata. Nos Jogos Olímpicos, fez história por desenvolver dois saltos, os quais receberam seu sobrenome “Dos Santos”.


Direitos autorais: reprodução Instagram/@daiane_gs_.

Direitos autorais: reprodução Instagram/@daiane_gs_.

Em 2013, ao completar 30 anos, ela se aposentou, e tanto sua rotina quanto seu físico sofreram alterações. Por estar ligada à ginástica desde muito jovem, seu físico era mais forte por causa da rotina pesada de exercícios. Isso fazia com que o biotipo não tivesse alteração.

Fora das competições, porém, seu corpo passou por uma transição por conta da idade e mudança de hábitos, o que era esperado. Mas algumas pessoas não acharam a mudança tão benéfica. Daiane declarou que fazia dieta muito diferente da vida de uma pessoa normal por causa da rotina puxada de treinamento, de oito, nove horas por dia, então era esperado que ela tivesse um formato de corpo.


Muitos fizeram comparações do seu antigo físico de atleta com o atual. Ela mencionou que com sua idade, seu físico é como o de uma pessoa normal, e quando a comparam com seu físico de muitos anos atrás, não entende por que se assustam com o fato de ter engordado.

Daiane tem boa relação com sua aparência, mas contou que os julgamentos são exaustivos. Diz que todo atleta precisa estar preparado para essa transição de peso, pois é necessário ter a cabeça muito boa para conseguir enfrentar, relatou.

Direitos autorais: reprodução Instagram/@daiane_gs_.

Ainda afirma que as redes sociais colaboram muito para a pressão estética sobre as mulheres, pois o julgamento é bem maior com elas, já que precisam estar sempre impecáveis e perfeitas.


Conclui que a beleza está em todos, principalmente nos que se aceitam e transbordam alegria. Disse que todas as pessoas são bonitas, e se aceitar é o primeiro passo para a felicidade. Alguém que se ama transborda essa felicidade para os outros e não vai ficar preocupado com o que pensam ou deixam de pensar do seu corpo.

Mulher é criticada por mostrar lar: “O estado da minha casa não diz nada sobre o tipo de mãe que sou”

Artigo Anterior

Mãe se orgulha de lar construído por ela mesma e diz: “Uma coisa é pobreza, outra coisa é imundície”

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.