Comportamento

Estudo mostrou que pessoas bagunceiras não são apenas mais criativas, mas mais inteligentes também!

estudo mostrou que pessoas bagunceiras não são apenas mais criativas mas mais inteligentes também

Você é um bagunceiro? Se sim, saiba que isso te torna realmente inteligente e criativo. A ciência comprovou!



“Se uma mesa cheia é um sinal de mente desordenada, uma mesa vazia é sinal de que?” (Albert Einstein)

Einstein pode ser ainda mais preciso do que pensou no momento em que fez a declaração acima.

Se você é uma daquelas pessoas que simplesmente não conseguem colocar sua mesa em ordem, provavelmente é mais inteligente e criativo do que os arrumados e organizados!


A Universidade de Minnesota realizou um estudo que mostra que ser bagunçado não faz de você menos produtivo do que as pessoas mais organizadas.

O estudo foi publicado no Association for Psychological Science.

Os participantes foram convidados e realizar diversos experimentos sobre as situações mais diversas da vida, e os resultados mostraram que ser bagunçado, na verdade, ajuda a estimular novas ideias e pensamentos criativos.

O que a cientista psicológica Kathleen Vohs e sua equipe de pesquisadores tiraram de conclusão de sua pesquisa foi que as pessoas organizadas e bagunçadas geram a mesma quantidade de ideias, mas aquelas em um ambiente mais confuso parecem ser as mais interessantes e criativas.


“Todos nós estamos expostos a vários tipos de configurações, como em nosso escritório, nossas casas, nossos carros, até mesmo na Internet”, diz Vohs.

“Quer você tenha controle sobre a limpeza do meio ambiente ou não, você está exposto a isso e nossa pesquisa mostra que pode afetá-lo.”

Então, se você tem papéis se acumulando em sua mesa ou uma pilha de roupas no chão, provavelmente é muito bom em pensar fora da caixa!


Esta é a verdadeira razão pela qual atraímos parceiros tóxicos e pessoas emocionalmente indisponíveis

Artigo Anterior

Isto é o que vai acontecer com seu corpo se você comer 2 bananas maduras todos os dias!

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.