Comportamento

“Fui expulsa do avião porque sou gorda, tatuada e mestiça”, declara jovem impedida de viajar

A jovem gravou o vídeo do momento em que foi obrigada a deixar o avião por causa de suas roupas. Até a polícia foi chamada para escoltá-la.



Uma mulher decidiu documentar em suas redes sociais o momento em que se sentiu humilhada por ser proibida de viajar.

De acordo com informações do The Sun, a garota declarou que foi expulsa do voo por vestir uma roupa que os comissários de bordo julgaram como inadequada.

No vídeo, a mulher conta que o motivo da expulsão foi por estar de short preto e curto, e um top que deixava sua barriga à mostra. Uma comissária de bordo aproximou-se dela e lhe pediu para se cobrir, mesmo com a mulher explicando que não era sutiã. Mas decidiu concordar e vestiu uma blusa de manga comprida por cima.


Direitos autorais: reprodução TikTok/@fattrophywife.

Comissários se aproximaram novamente e disseram que ela não poderia usar a roupa porque a barriga ainda estava aparecendo, e isso era inapropriado. A tripulação não concordou com suas vestes e, de acordo com a passageira, passou a ser assediada e constrangida, mesmo depois de colocar a blusa que a comissária pediu.

Os ânimos ficaram exaltados e a polícia foi chamada, escoltando a garota para fora do avião. Os policiais tentaram explicar que a equipe da companhia aérea agiu de acordo com o código de vestimenta, mas a mulher estava irredutível e achou a situação horrível, alegando que foi retirada por ser gorda, mestiça e tatuada.

Já no aeroporto, conversando com a polícia, ela disse que nunca se sentiu tão degradada, envergonhada e irritada com uma abordagem. Mostrou a roupa que estava vestida e afirmou que não era motivo para tanto.


Direitos autorais: reprodução TikTok/@fattrophywife.

Direitos autorais: reprodução TikTok/@fattrophywife.

O vídeo acabou viralizando e o assunto chegando ao porta-voz da Alaskan Air, companhia aérea onde tudo aconteceu. Ele disse que entraria em contato com a mulher e se comprometeu a examinar os detalhes da ocorrência e a tomar as medidas adequadas à situação.

Relatou que o objetivo da companhia é fornecer um serviço atencioso a todos os viajantes e, quando não cumpre essa meta, faz o possível para corrigir o que é necessário. Depois da repercussão, outra pessoa relatou que passou pelo mesmo constrangimento, foi envergonhada por causa das roupas.


Direitos autorais: reprodução TikTok/@fattrophywife.

No código de vestimenta oficial, publicado no site da companhia, a exigência é simplesmente que todos tenham uma aparência elegante e bem cuidada, com isso declara que roupas sujas, esfarrapadas e pés descalços são inaceitáveis. Como a mulher não se encaixava no que o código preconizava, achou que não teria problema algum viajar daquela forma, então fez questão de expor o acontecido e para que medidas fossem tomadas.

“Meu namorado paga nosso aluguel e contas, e não tem ideia de que eu sou a proprietária”

Artigo Anterior

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.