Comportamento

Homem doa sêmen para amiga e seus pais exigem conhecer bebê: “Legalmente, a criança não é minha”

Ele deu seu relato sobre o caso e disse que fez a inseminação em uma clínica, com tudo regularizado, portanto, não tem parentesco algum com a criança.



De uns tempos para cá, a procura de clínicas de fertilização cresceu consideravelmente. O preço, mesmo que ainda seja alto, ficou mais acessível e há inúmeras maneiras de pagar pelo procedimento.

O que antes não era popular e até um pouco malvisto, hoje é a saída para diversas famílias que sonham em ter filhos.

Essa história conta o caso de um homem que recorreu a um fórum on-line para desabafar sobre sua experiência. Ele, que não quis se identificar, contou como está tendo problemas com seus pais que, ao descobrir que ele doou sêmen para uma amiga, querem a todo custo conhecer a criança, pois se consideram seus avós.


O rapaz disse ao Reddit que a doação foi para uma amiga, ela realmente desejava ter filhos e estava procurando alguém em quem pudesse confiar. Levou um tempo para que ele pensasse a respeito e aceitasse essa proposta, mas no fim decidiu ir em frente.

O procedimento foi feito de maneira legalizada, em uma clínica especializada, portanto, de acordo com a justiça, o bebê não é dele. Mas seus pais não veem a história dessa forma. Desde que a amiga deu à luz um menino, eles insistem para que o rapaz lhes conte quem ela é, pois querem conhecer a criança.

Toda a família o apoiou, exceto seus pais, mas o homem declara que entende, por serem de uma outra época. Só pararam de ser contra quando viram que realmente ia acontecer e sua amiga já estava grávida. Queriam fazer parte da vida da criança, mas o rapaz não lhes permitiu.

Disse que os pais ficaram muito chateados quando ele lhes dizia que não eram avós e o bebê não era neto deles, mesmo que tenha sido doação do sêmen do filho deles. Diz que a criança é filha apenas de sua amiga e que não faz parte da família. Conversou com sua mãe e aceitaram, mas acreditam que seja uma grande injustiça não saber quem foi a mulher que recebeu a doação.


O rapaz se defende, dizendo que não cabe aos outros saber quem ela é. Disse que ela tem os próprios problemas pessoais, então não vai incomodá-la perguntando se seus pais podem entrar em contato para conhecer a criança.

Mesmo que alguns pensem que é idiota ou ingrato, porque apenas querem conhecer o neto biológico, ele diz que essa decisão cabe à mãe da criança, e que não vai falar com ela sobre isso agora.

Os comentários, em sua maioria, deram razão para o rapaz, dizendo que ele estava respeitando os desejos da amiga, já que numa situação em que ela escolheria o sêmen em um banco, dentro da clínica, não teria contato com nenhum familiar.

Comentaram também que os pais só querem saber quem a amiga é para importuná-la ou até mesmo exigir visitas, e não é de bom tom que isso aconteça, a não ser que ela permita, mas se fosse o caso, a própria mãe teria verbalizado isso, segundo as opiniões.


Mulher desabafa sobre marido não querer acompanhá-la no parto: “É cesárea, não precisa de companhia”

Artigo Anterior

Mãe é criticada por deixar filho de 2 anos usar cabelo comprido: “Como vão saber que é menino?”

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.