Comportamento

Influenciadora se recusa a usar filtro, exibe corpo real e rosto com pelos para derrubar os padrões

Conforme ela acredita, compartilhando a realidade, as pessoas aceitarão os corpos reais e não serão mais tachados de feios. Sua atitude quer quebrar os padrões e melhorar a autoestima!



Sabemos que o culto à aparência sempre foi muito forte, principalmente para as mulheres, que sempre são julgadas pela forma como se vestem, como falam e são vistas pela sociedade.

Mas a pressão vem diminuindo. No passado, a insatisfação com o próprio corpo era maior por causa dos padrões de beleza que mais excluíam do que incluíam a maioria das mulheres. Embora ainda haja resquícios disso na sociedade atual, muitas já conseguem se desprender e viver de forma mais leve.

A influenciadora Joanna Kenny usou suas redes sociais para conscientizar sobre como a beleza deve ser vista. Ela luta contra a toxicidade da indústria, que muitas vezes faz as mulheres acreditarem que não são bonitas o suficiente, diminuindo sua beleza real.


De acordo com informações do Bright Side, Joanna compartilhou seu pensamento e opinião acerca do movimento atual. Ela disse que muitas estão acordando e vendo o quanto o padrão de beleza é irreal e plastificado, mas existem outras que continuam presas a essas amarras, e é necessário parar de se empenhar pelo que o outro ache bonito.

Direitos autorais: reprodução Instagram/@joannajkenny.

Disse que as redes sociais pioram a situação, criando filtros que deixam a pele sem poros ou textura, e esse tipo de padrão é irreal, fazendo com que jovens criem uma perspectiva distorcida da sua imagem, achando que a pele precisa ser daquela forma.

Sente-se responsável por mostrar a realidade, alegando que uma pele saudável possui poros, e isso não deve ser visto como uma falha. Joanna também se tornou viral ao exibir seu bigode, recebendo duras críticas por causa da atitude.


A influenciadora diz que deixá-lo crescer não é uma imposição para que todos achem-no bonito ou se atraiam, é apenas uma vontade dela, e quer mostrar que não precisa remover os pelos faciais para ser feminina.

Diz que seu objetivo é que as pessoas possam fazer escolhas sobre os próprios corpos sem ter medo do julgamento. Relatou que, por fazer tratamento contra acne, usar qualquer tipo de creme ou procedimento para remover seus pelos piora a situação. Se for da vontade dela futuramente retirar, não verá problema nisso.

Direitos autorais: reprodução Instagram/@joannajkenny.

Direitos autorais: reprodução Instagram/@joannajkenny.


Direitos autorais: reprodução Instagram/@joannajkenny.

Alertou que a pressão estética ainda é muito forte e causa estragos psicológicos quase que irreversíveis, por isso quis mostrar como é a vida real, evidenciando que os filtros das redes sociais são uma grande mentira, usados para plastificar a imagem de alguém.

Ela inclusive aconselha a parar de usá-los, porque muitas mulheres começam a não se achar bonita ao vivo. Não é mais divertido, passa a ser um grande problema, segundo sua opinião. Quanto mais as pessoas se comparam a uma imagem retocada, mais deixam de gostar de sua naturalidade.

Concluiu que todos possuem um dia de pele ruim, mas isso não deve fazer de qualquer pessoa indigna ou sentir-se inferior. Finaliza afirmando que todos precisam entender que as mulheres não foram feitas para agradar a todo mundo.


Marido se dedica a cuidar de esposa em estado vegetativo e declara: “Sempre estarei ao lado dela”

Artigo Anterior

Mãe não aceita abortar e é abandonada pelo parceiro. “Vai arruinar minha vida se tiver o bebê”

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.