publicidade

Jogadora de basquete amamenta filha durante intervalo de jogo. Mãe é mãe em tempo integral!

A atleta profissional aproveitou o tempo que tinha e alimentou seu bebê. Rapidamente, a imagem viralizou, conquistando a internet.



Não é mais novidade que, ao se tornar mãe, uma mulher transforma sua vida inteira. Temos exemplos que nos provam isso a todo momento. O mais incrível disso tudo é que, mesmo com as mudanças, diversas mulheres continuam exercendo seus papéis, aliando a maternidade com a sua vida.

Esse caso demonstra que mulheres são plenamente capazes de voltar à sua rotina depois de terem um filho. Claro, com algumas adaptações. Mas isso nos mostra o quanto uma mulher se adapta e se molda para realizar diversas funções.

A jogadora profissional de basquete Antonella González é a protagonista desse caso, que viralizou nas redes sociais. A argentina, que faz parte da equipe do Clube Rocamora Thomas, durante um jogo, aproveitou o intervalo para amamentar sua filha, a pequena Madi, de 11 meses.

Em conversa com a Confederação Argentina de Basquete, a atleta disse que estava apenas cumprindo seu papel como mãe. Ela ficou surpresa ao ver algo tão natural gerar tamanho impacto.

No Twitter da Confederação, a postagem rendeu mais de 2 mil curtidas, muitos comentários elogiando a postura da atleta, que não mediu esforços e, mesmo num jogo, parou para alimentar seu bebê.


Direitos autorais: reprodução Twitter/@cabboficial.

Continuou relatando sobre o assunto e contou que se alegra ao ver o quanto é útil as pessoas perceberem que uma gravidez não é a culpada por fazer a mãe se afastar das suas atividades. É possível voltar ao que se fazia.

Antonella tem 30 anos e é uma das mais experientes do time. Após o intervalo, terminou o jogo marcando 8 pontos e quebrando a invencibilidade da equipe adversária. Ela se tornou uma grande inspiração para as mulheres, pois seu exemplo inspira mães em geral a continuarem com seus objetivos.


Ela conta que, por muitas vezes, corre de um lado para o outro, fazendo malabarismos para conciliar a vida de atleta com a de mãe.

Elogiou a filha, dizendo que ela se adapta a tudo e é uma das pessoas mais importantes de sua vida, pois lhe trouxe luz em um momento tão difícil, de pandemia.

Direitos autorais: reprodução Twitter/@cabboficial.

Com certeza, saber dessas histórias motiva – e muito – a nossa vida. Mães nunca deixam de ser mães. Não há feriado para elas. Estão presentes em todos os momentos. O instinto materno é carregado por elas. Nada é mais importante do que um filho!

O que achou desse caso? Conhece alguma mulher que inspire você como mãe?

Comente e compartilhe este texto em suas redes sociais!

Baixe o aplicativo do site O Amor e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Amor. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.