Comportamento

Jovem descobre que madrasta tentou doar sua filha sem permissão: “Nunca daria meu bebê”

Ela foi abordada por uma estranha dizendo que era avó do seu bebê, mãe de um dos pais adotivos. Como não tinha intenção de doar seu bebê, descobriu os planos da madrasta.



Existem histórias que são bem difíceis de acreditar. De fato, nunca sabemos até onde pode ir a criatividade e cabeça de uma pessoa. Por diversas vezes, o bom senso não existe e dá lugar ao bizarro e à total falta de respeito.

Segundo informações do The Sun, uma mulher chamada Deseree contou sua história inacreditável por meio das suas redes sociais.

Aos 20 anos, ela descobriu que sua madrasta estava tentando doar sua filha, que ainda estava na barriga, para estranhos e lhes dizia que poderiam adotar o bebê, apesar de a mãe nunca ter sido consultada.


Em seu Tiktok, Deseree conta que foi surpreendida com a história da suposta adoção quando estava passeando. O vídeo tem mais de 4 milhões de visualizações, e ela descreve como ficou sabendo das ações da madrasta.

Hoje sua filha está com 12 anos, mas a mãe achou de bom tom compartilhar a história, principalmente quando acontece com pessoas muito próximas. Enquanto caminhava por um shopping, uma estranha a abordou e perguntou se seu nome era Deseree. Após a confirmação, disse que ainda não tinham sido formalmente apresentadas, mas que seu nome era Wendy e o bebê na barriga dela seria seu neto.

Direitos autorais: reprodução TikTok/@deseree_rose.

Surpresa e confusa, a jovem mãe não entendeu o que estava acontecendo e perguntou se aquela mulher era parente do seu namorado, pai da criança. Wendy disse que não, era mãe de Scott, que seria o pai adotivo da sua filha.


Ainda perplexa, Deseree continuou a perguntar como ela sabia daquela informação. Descobriu que sua madrasta era cabeleireira de Wendy e afirmou com toda certeza que o casal poderia adotar sua filha assim que ela nascesse. No entanto, a mãe nunca foi consultada e não tinha ideia disso.

Explicou para a mulher que nunca doaria seu bebê e o que aconteceu foi um equívoco e mal-entendido. Afirmou que sua madrasta era muito controladora, mas não sabia o que fazer diante da situação. Elas não se falam.

O sentimento de Deseree foi de completa indignação. Não entendia como uma pessoa poderia doar uma criança que não era dela sem consultar ninguém, apenas os “futuros” pais e familiares? É algo inimaginável, principalmente vindo de alguém da própria família. Anos mais tarde, ela resolveu contar sua história inacreditável, e pede que mulheres fiquem alerta, pois o perigo pode vir de onde menos se espera.


Luísa Mell confirma divórcio e fala de lipo sem autorização: “Violência”

Artigo Anterior

Mãe fala sobre superação ao cuidar de filha especial: “Estou imensamente orgulhosa”

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.