Comportamento

Mãe em tempo integral desabafa nas redes sociais: “Não temos o luxo de chorar em paz”

Cuidar dos filhos e da casa em tempo integral pode ser muito mais difícil do que parece. Veja o desabafo desta mãe!



A maternidade em tempo integral é uma realidade vivida por muitas mulheres no mundo todo. Seja porque desejam ou por acordos estabelecidos na família, elas são as responsáveis por cuidar das crianças o dia todo, enquanto seus companheiros trabalham fora.

De muitas maneiras, essa é uma missão muito especial e que enche seus corações de propósito e amor, especialmente quando percebem o desenvolvimento das crianças e a importância que adquirem a cada dia.

No entanto, como tudo na vida, não existe apenas o lado positivo. A maternidade também tem o seu lado cansativo, porque exige cuidado, 24 horas, de uma criança que depende de outros para tudo e se baseia nos comportamentos dos pais para formar a própria personalidade.


Quando é a mãe quem passa mais tempo com a criança, é normal que se torne sua principal influência, o que pode exercer muita “pressão” contra as mulheres, que estão realmente comprometidas em cuidar dos filhos da melhor maneira possível.

Se toda essa responsabilidade ainda vem acompanhada dos cuidados com o lar, no caso das mães em tempo integral, que também são donas de casa, a situação fica ainda mais complicada.

Muitas vezes, quando observamos uma dessas mães, não imaginamos quão difícil pode ser sua rotina. Estamos tão acostumados com o conceito de que “mãe consegue fazer tudo”, que podemos falhar em oferecer-lhes um olhar mais humano e enxergar suas necessidades pessoais.

Bridgette Anne, uma das mulheres que vivem essa rotina, fez uma publicação muito forte sobre a realidade das mães em tempo integral. Em seu perfil no Facebook, ela postou uma foto de si mesma visivelmente cansada, com um texto sério e real sobre os desafios de sua rotina.


Na publicação, Anne diz que todo mundo pensa que ser mãe e dona de casa é simples e confortável, mas que a realidade é muito diferente das suposições. Ela explica que mulheres como ela não podem fazer nada sozinhas, deixam de viver por si mesmas para cuidar dos filhos e enfrentam dilemas que ninguém mais pode ver.

Anne fala que, muitas vezes, não consegue cuidar das crianças e da casa ao mesmo tempo, e que todo tempo “livre” é direcionado a arrumar bagunças. Num momento do desabafo, diz que nem mesmo consegue chorar em paz e que ao mesmo tempo se sente culpada por permitir que os filhos vejam isso.

A mãe em tempo integral acrescenta que muitas das pessoas que diriam que estariam por perto somem e que ela se sente muito sozinha. No final da publicação, pede a todos que cuidem dos amigos que vivem essa mesma situação, porque “não estão bem”.

Seu relato teve mais de 50 mil reações na rede social, além de mais de 39 mil comentários de pessoas que se identificam com a situação e que se solidarizam com a realidade dessas mulheres.


Direitos autorais: reprodução Facebook/Bridgette Anne.

A publicação de Anne reflete uma realidade mais do que imaginamos, e serve como um alerta para termos mais empatia com essas mães, porque suas rotinas são muito cansativas, muitas vezes até mais do que as daqueles que trabalham fora.

As mulheres que já passaram por isso sabem muito bem do que essa mãe diz. Que as palavras de Anne promovam uma reflexão e nos ajudem a tratar essas mulheres com mais respeito e consideração, porque elas merecem. Comente abaixo suas experiências com a maternidade e compartilhe o texto com os amigos através das redes sociais!


Menina abandonada com leucemia é adotada por casal homossexual e após 8 anos está curada!

Artigo Anterior

Sem se importar com preconceito, homem vira manicure influente no país e hoje atende famosas!

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.