Comportamento

Mãe não aceita abortar e é abandonada pelo parceiro. “Vai arruinar minha vida se tiver o bebê”

Direitos autorais: arquivo pessoal.
4 Capa Mae nao aceita abortar e e abandonada pelo parceiro Vai arruinar minha vida se tiver o bebe

Ela contou sua história para que mais mulheres se identifiquem e vejam que a decisão pelo filho é a melhor em todos os sentidos. Entenda a história!

Stephanie Post relatou sua experiência no Love What Matters para mostrar às outras pessoas que, mesmo sem apoio, escolher a vida do filho foi a coisa mais certa a se fazer. Ela engravidou aos 23 anos de um homem que a desprezava, fazendo-a acreditar que nunca seria amada por outra pessoa.

Ela achava que ter um filho uniria o casal, mas foi o oposto. Sua relação foi piorando ainda mais, quando o companheiro a fez escolher entre ele e a criança. Queria que ela realizasse um aborto, pois na visão dele ter um bebê arruinaria sua vida.

Stephanie escolheu ter o filho e disse que cuidaria da criança sozinha. E foi isso que aconteceu. Teve uma linda menina, e quando ela completou 2 anos, conseguiu um emprego como motorista de ônibus escolar e se viu realizada como mãe solo.

Relatou que seu emprego lhe dava tudo o que ela poderia querer, já que estava em casa sempre quando a filha também estava, não se preocupava com feriados, férias ou dias de neve, porque sempre estava de folga, podendo assim cuidar de sua pequena.

4 2 Mae nao aceita abortar e e abandonada pelo parceiro Vai arruinar minha vida se tiver o bebe

Direitos autorais: arquivo pessoal.

Aos 39 anos, ela engravidou novamente. A criança foi fruto de um namoro que acabou não dando certo. Por causa do que viveu no passado, Stephanie tinha um limite, então pediu que parassem de se ver. Mais uma vez, ela escolheu sua criança, não conseguiria viver ao lado de alguém que não tivesse responsabilidade de criar um filho.

E assim ela deu à luz mais uma doce criança, com sua primeira filha na sala de cirurgia. A aventura de ser mãe solo novamente estava em ação. As dificuldades logo começaram, pois igual há 17 anos, ela precisou lidar com tudo sozinha, mesmo que sua filha já crescida pudesse ajudar. Stephanie sentia-se exausta, seu trabalho não lhe dava licença-maternidade e ela não tinha reservas financeiras.

4 3 Mae nao aceita abortar e e abandonada pelo parceiro Vai arruinar minha vida se tiver o bebe

Direitos autorais: arquivo pessoal.

Sentiu-se um fracasso por estar novamente naquela situação, sem apoio emocional do parceiro, tendo de lidar com tudo sozinha. O ápice do desespero, segundo seu relato, foi não conseguir amamentar. Isso a deixou muito triste e desmotivada.

Até que as nuvens se dissiparam. O apoio da filha mais velha a fez ver que não teria problema algum em dar fórmula para seu bebê. Ela aceitou a condição que tinha e tirou de si a culpa que carregava por não conseguir alimentar naturalmente sua filha.

Hoje Stephanie segue sua vida, mostrando para as centenas de milhares de outras mães solo que é possível ver a felicidade, mesmo quando o caos está presente. Conseguiu levar sua filha mais nova para o trabalho e andavam juntas todos os dias. As crianças do ônibus escolar faziam revezamento para se sentar ao lado da bebê.

4 4 Mae nao aceita abortar e e abandonada pelo parceiro Vai arruinar minha vida se tiver o bebe

Direitos autorais: arquivo pessoal.

Stephanie conclui que o seu trabalho a salvou por duas vezes. A primeira, quando engravidou bem jovem, e agora, com sua segunda filha. Finaliza afirmando que, apesar de tudo, sabe o quanto é sortuda por ter as filhas por perto, dádiva que nem toda mãe pode receber, por isso alega que a melhor decisão que tomou desde sempre foi escolher a vida!

0 %