Comportamento

Mãe que fugiu da violência doméstica com seus 3 filhos consegue se formar na faculdade e hoje é professora!

Crystal ficou desabrigada com seus filhos e, mesmo assim, insistiu em fazer faculdade para melhorar sua vida. Seus esforços surtiram resultado, hoje ela é professora!



A maternidade é algo difícil e complexo, que envolve se doar inteiramente aos filhos, buscando conciliar sua criação com o trabalho remunerado. Sabemos que, para lidar com as crianças, é preciso bem mais que uma pessoa, mas a realidade faz com que as mães fiquem com a guarda sozinhas, sentindo-se sobrecarregadas e exaustas.

A mãe solo Crystal Allenton precisou abandonar a casa em que morava com os três filhos porque sofria violência doméstica. A atitude foi desesperada, mas necessária, e ela se viu desabrigada com suas crianças. Sem dinheiro para pagar ou mesmo alugar um local onde pudessem ficar, precisou contar com os abrigos do governo.

As dificuldades foram gigantescas, assim como os desafios, mas mesmo assim a mãe decidiu se inscrever no vestibular. A única forma que ela encontrava para mudar aquela triste realidade era através da educação, graduando-se para que o salário aumentasse e pudesse finalmente se mudar para um lugar seguro com as crianças. Se fazer faculdade já é difícil para a maioria dos acadêmicos, imagine-se para uma mãe solo de três, sem teto e que trabalha?


Crystal foi firme e se empenhou ao máximo na faculdade. Os filhos precisaram trocar constantemente de casa com sua mãe, já que os abrigos são temporários, dividindo o espaço com pessoas em situação de rua.

A mãe sentia o peso daquilo tudo. Sozinha, com as crianças, havia dias em que conseguir uma cama era a maior conquista. As lágrimas frequentemente escorriam, e ela sempre orava, tentando encontrar uma saída.

Direitos autorais: reprodução Facebook/Crystal Allenton.

Foram seus filhos que a fizeram continuar na faculdade e insistir em melhorar de vida. Sempre que a mãe os olhava, sabia que aquele sacrifício todo era pelo bem deles.


Além de enxergar uma mãe determinada, eles também encontravam em Crystal toda a força de que precisavam, ela era um exemplo para cada um deles. Queria que os pequenos vissem que todos podem sonhar, que todos podem ter ambições e que basta se esforçar que a conquista chega.

Crystal mostrou a importância da educação, mostrou a potência de uma mãe e até onde uma pessoa pode chegar. Felizmente, a família conseguiu ajuda, sendo transferida do abrigo para uma casa própria. A mãe conseguiu se formar e hoje é professora em uma importante escola de sua região, além disso, já concluiu dois mestrados em sua área.

Direitos autorais: reprodução Facebook/Crystal Allenton.

Independentemente das circunstâncias, a mãe é enfática ao salientar que sua maior rede de apoio sempre foram os próprios filhos. Quem mais torcia por ela eram os três pequenos, que enxergam na mãe o símbolo da vitória.


Ela sabe que o orgulho que eles sentem é gigante, e não é à toa, porque poucas pessoas têm a resistência, persistência e foco de Crystal.

A universidade WGU Washington, sabendo da impactante história dessa mãe, decidiu criar um mural no campus em sua homenagem, para lembrar a todos o poder dela. Crystal enxerga nessa homenagem um farol de esperança e encorajamento a todos que passam por maus bocados.

Direitos autorais: reprodução Facebook/Crystal Allenton.

O que você acha desta história?


Comente abaixo e compartilhe-a nas suas redes sociais!

“Detesto ser mãe desde o parto da minha filha”, desabafa mulher sobre relação com a maternidade

Artigo Anterior

“Meu marido me traiu com minha mãe.” Mulher tem chocante descoberta após AVC

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.