Comportamento

Mãe trabalha dentro de banheira para cuidar de filho e nos leva a refletir sobre dupla jornada das mulheres

Por causa da pandemia e do consequente fechamento das creches, milhares de mães estão sobrecarregadas por conciliar o trabalho com a criação dos filhos em tempo integral.



A independência feminina levou as mulheres a alcançarem patamares altos na sociedade, com isso, conquistaram voz e respeito às suas capacidades. Com certeza, foi um grande salto ser a provedora do lar e administrar as próprias finanças.

Uma mulher que decidiu ser mãe e trabalhar fora tem o dobro de desafios e pressões. Como ela precisa sustentar o lar, ou manter sua independência financeira, precisa de meios que a auxiliem no cuidado com os filhos. As creches e escolas estão aí para isso. Além de ensinar às crianças os conteúdos necessários para se profissionalizar no futuro, têm a função de cuidar delas enquanto a família está trabalhando.

Por causa da pandemia  de covid-19, as instituições de ensino e creches ficaram fechadas por muito tempo. Esse impacto foi grande para a economia e acarretou uma crise que continua sendo enfrentada. De um lado, temos os profissionais dessa área que perderam empregos ou tiveram diminuição drástica de salário. De outro, temos mães que estão trabalhando de casa e precisam dar conta do serviço profissional e do cuidado dos filhos.


Administrar um lar não é uma tarefa fácil; trabalhar fora é ainda mais complicado. Aliando isso à existência de crianças que precisam de cuidados o tempo inteiro, quando as mães estão em home office, o desafio é maior.

De acordo com informações do Good Morning America, uma mulher provocou uma reflexão poderosa sobre como a rotina ficou extremamente tumultuada. Heidi Metcalfe Lewis tem dois filhos. Ela foi fotografada por seu marido trabalhando dentro da banheira de casa, para estar perto da filhinha de um ano, que brincava em uma piscina.

Direitos autorais: reprodução Facebook/Heidi Metcalfe Lewis.

A tentativa dessa mãe de ocupar seu filho enquanto faz seu trabalho profissional foi considerada uma cena impactante, forte e familiar para grande parte da população de mulheres que não tiveram outra opção a não ser “dar um jeito”. Com as escolas e creches fechadas, a alternativa foi ser criativa e tentar administrar a situação da melhor forma possível.


Imaginamos que não seja fácil, já que crianças pequenas demandam atenção e cuidado constantes. A foto é forte por demonstrar justamente a dupla jornada de uma mulher que precisou entrar numa banheira para conseguir trabalhar e não deixar sua bebê sozinha.

Lewis, em entrevista, disse que a rotina das mães é de esgotamento e exaustão, por isso precisa ser mostrado. Ela relata que conheceu diversas outras mães que precisaram largar os empregos para se dedicar aos filhos, já que não tinham com quem deixá-los. Contou que na empresa na qual trabalha, não dispensaram nenhum funcionário, apenas os mandaram trabalhar de casa, mas entende que muitos não tiveram essa opção.

Direitos autorais: reprodução Facebook/Heidi Metcalfe Lewis.

Home office não é fácil, pois os dias se tornam ainda mais caóticos, com choros e toneladas de lanches, relatou. Como seus filhos têm idades diferentes, as necessidades também o são, e isso toma muito tempo e gasto de energia.


O que achou do relato dessa mãe? Concorda com seu desabafo?

Comente e compartilhe este texto em suas redes sociais!

Jovem é criticada por promover academia apenas para mulheres. Acusam-na de ser intolerante

Artigo Anterior

“Não existe amor maior”: Naomi Campbell agradece à ciência por conseguir ser mãe aos 50 anos

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.