Comportamento

Mulher chora ao ser expulsa de academia por causa do seu peso: “Nunca senti tanta vergonha”

Ela foi expulsa porque, segundo a academia, o top curto que deixou sua barriga exposta não obedecia ao código de vestimenta do local.



Embora estejamos caminhando para um mundo mais inclusivo, onde as diferenças são aceitas com mais facilidade, ainda existem casos em que o preconceito fala mais alto, infelizmente. Uma mulher foi às redes sociais e, chorando muito, contou a vergonha quando foi malhar. Shelby recorreu ao seu TikTok e detalhou o incidente que a deixou extremamente chateada.

Segundo informações contidas no The Sun, ela alegou que foi forçada a sair da academia, pois foi informada de que sua roupa não seguia o código de vestimenta local. Shelby usava uma legging preta e um top esportivo.

Antes disso, a recepcionista a advertiu, dizendo que as roupas não poderiam mostrar a barriga, mas tinha sido autorizada a fazer seu treino, que foi apenas um aviso para que ela soubesse e evitasse tais peças.


Direitos autorais: reprodução Tiktok/@shelby.bellz.

Ela estava na esteira, cerca de 15 minutos depois que tinha entrado na academia, quando o coordenador do programa se aproximou e pediu que se retirasse do local. Shelby disse que nunca ficou tão envergonhada por seu corpo, já que claramente foi vítima de preconceito. Ela garante isso porque mostrou qual era a sua roupa, que deixava à mostra apenas uma pequena faixa acima do seu estômago.

Direitos autorais: reprodução Tiktok/@shelby.bellz.

A calça era de cintura alta e o top não era muito curto, apenas uma pequena parte da pele estava aparecendo. Ela postou o vídeo, chorando bastante. Alguns internautas comentaram que é normal que as academias tenham códigos de vestimentas. Shelby gravou outras respostas, precisando justificar seus sentimentos e continuou a explicar por que o incidente foi tão problemático.


 A jovem de 26 anos disse que sua expulsão não teve a ver com o código de vestimenta, e sim com o seu peso. Entende que cada local tem suas regras, mas falar para ela que poderia entrar, só para ser expulsa 15 minutos depois foi degradante, segundo sua opinião.

Apesar das explicações, comentários de que ela tinha exagerado continuavam. Mais tarde, ela decidiu se dirigir a essas pessoas, contando que não é uma experiência por que alguém gostaria de passar, e tem certeza de que, se fosse uma mulher menor, não teria recebido ordens para sair, por isso descreveu o incidente como vergonhoso.

Direitos autorais: reprodução Tiktok/@shelby.bellz.

Direitos autorais: reprodução Tiktok/@shelby.bellz.


A jovem conclui que foi sua terceira visita à academia e sentiu-se excluída e humilhada, e isso acaba com a autoestima, já que tudo para uma pessoa gorda é mais complicado. Mal esteve no local por uma semana e precisou lidar com esse tipo de comportamento.

Mãe necessita de cesárea, depois de longo trabalho de parto, e sogro a acusa de ser preguiçosa

Artigo Anterior

Time feminino norueguês de handebol de praia se recusa a usar biquíni para jogar e seleção é multada

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.