Comportamento

Mulher de 26 anos assume cabelos brancos e ajuda outras a terem orgulho de ser grisalhas!

Ela quebrou estereótipos e sua aceitação serve de inspiração para diversas mulheres. A beleza feminina pode sair dos padrões!



Sabemos o quanto os cabelos são importantes para as mulheres. São símbolo de beleza e personalidade, marca registrada de algumas por causa dos penteados, cores e formas.

Muitas decidem pintar o cabelo por encontrar os temidos fios brancos, considerados por grande parte da sociedade como o início da velhice. Diante disso, a maioria, para escondê-los, utiliza das tinturas disponíveis no mercado da beleza.

Quando o cabelo branco começa supercedo, a preocupação parece dobrar de tamanho, pois não é comum vermos jovens apresentando fios grisalhos. Mas essa narrativa está mudando, pois o cabelo branco deixou de ser visto como algo feio.


Lauren Midgley tem 26 anos e hoje em dia ajuda outras mulheres a aceitarem seus fios brancos com muito orgulho. Desde os 12 anos, ela tem cabelos brancos e, depois de muitos anos tentando escondê-los, decidiu aceitá-los, e foi a melhor decisão que tomou.

Direitos autorais: reprodução Instagram/@embracethegreys.

Segundo informações do Daily Mail, ao abraçar seu cabelo grisalho, sua autoestima melhorou bastante, principalmente ao perceber o tanto que gastava para cobrir seus cabelos naturais. Foi apenas quando o próprio cabeleireiro a alertou para que não os tinturasse mais, que decidiu cuidar das madeixas e as deixou crescer.

Lauren relatou que não estava mais conseguindo acompanhar o custo de pintar seu cabelo sempre, pois precisava ir ao estabelecimento a cada duas semanas. Mesmo fazendo o procedimento em casa, decidiu que não queria mais passar por isso.


Direitos autorais: reprodução Instagram/@embracethegreys.

Em seu Instagram, ela conta todo o processo. Diz o quanto precisou relaxar e desencanar com a pressão estética que as pessoas insistem em perpetuar. Quando aceitou a sua realidade, quis ajudar outras mulheres que passam pela mesma situação. Foi aí que começou todo o seu prestígio.

Lauren diz que passou a receber muitos elogios de desconhecidos, e isso a deixou muito feliz e realizada, com isso mais pessoas estão se aceitando. Ela afirma que o processo é longo, a aceitação não acontece de uma hora para outra, pois é necessário quebra de estereótipos.

A mulher pode ser linda da maneira que quiser, e a normalização dos cabelos brancos é a prova de que o padrão estético nada mais é do que grande amarra de diversas mulheres.


Direitos autorais: reprodução Instagram/@embracethegreys.

Com o incentivo de sua família, Lauren pôde se libertar e agora ajuda milhares de mulheres. Declarou que é importante uma rede de apoio, pois ouviu diversos comentários de pessoas julgando sua cor de cabelo e até pedindo que ela fosse ao médico, pois não era “normal” uma mulher de tão pouca idade ter fios brancos.

Ela finaliza dizendo que se surpreendeu com a resposta positiva ao seu perfil nas redes sociais, isso lhe deu ainda mais confiança para se aceitar e mostrar que a beleza da mulher está na forma como ela se vê e se sente feliz!

Comente e compartilhe este texto em suas redes sociais!


10 atitudes que uma mulher madura não toma, mesmo estando completamente apaixonada!

Artigo Anterior

Para amenizar a saudade, filha possui “ursinho da memória” com acessórios da mãe que morreu de câncer

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.