Comportamento

Mulher é forçada a vestir blusa larga durante voo, porque consideraram seu decote “obsceno e ofensivo”

mulher e forcada a vestir blusa larga durante voo porque consideraram seu decote obsceno e ofensivo

Uma mulher desabafou nas redes sociais após um episódio polêmico durante um voo.



Uma jovem estadunidense chamada Kayla Eubanks compartilhou no Twitter um episódio bastante particular que viveu durante uma viagem de Nova York para Chicago, no fim do ano passado.

Segundo Kayla, ela foi informada de que não poderia embarcar no voo como estava vestida, porque violava o “código de vestimenta” da companhia aérea Southwest Airlines. Ela estava usando um top preto e uma saia longa laranja.

Em entrevista ao ao BuzzFeed News, Kayla comentou que normalmente usaria roupas diferentes, como moletons e camisetas, mas optou pelo visual, porque estaria calor no seu destino, sem imaginar que isso poderia lhe causar problemas.


Segundo ela, a companhia se referiu à sua roupa com os termos “lascivo, obsceno e ofensivo”.

Em imagens compartilhadas na publicação, é possível ouvir a jovem discutindo com a equipe da companhia sobre o motivo pelo qual ela não foi autorizada a passar pelo portão de embarque.

Kayla disse que, inicialmente, se sentiu chocada, mas depois ficou bastante irritada, porque considera a atitude da companhia “discriminatória”. Ela disse que não pode mudar o seu corpo nem deixar nenhuma parte dele em casa. Também acrescentou que já viu homens sem camisa ou com regatas justas, e nada lhes acontecer.

 



Por fim, acabou usando uma blusa larga, oferecida pelo capitão, para que pudesse embarcar, mas a tirou durante o voo, e precisou falar com supervisores da companhia ao pousar, numa conversa bastante desagradável.

Kayla disse que a política da empresa apresentou “inconsistências” e “imprecisões” que quase a impediram de viajar. Ela disse que sentia que tudo o que estava acontecendo era “baseado em preconceitos pessoais” e afirmou não achar isso apropriado. Acrescentou que a política deve valer para todos.

Segundo a política da companhia aérea, o código de vestimenta aconselha os clientes a apresentarem “uma aparência limpa, bem arrumada e de bom gosto”.

Em comunicado, eles disseram que esperam que os clientes “usem o bom senso” e “exerçam discrição” durante a viagem, mas sobre a política do código de vestimenta, afirmaram que “cada situação é muito diferente” e que os “funcionários são responsáveis ​​por seguir nosso contrato de transporte”.


Após o pedido de desculpas e reembolso da Southwest Airlines, a jovem disse que o gesto mais apropriado seria que a companhia revisasse sua política e desenvolvesse uma linha mais clara sobre as proibições.

O que você acha da atitude da companhia?

Comente abaixo e compartilhe o texto nas redes sociais!


Universidade de Harvard anuncia possível vacina contra o câncer. Resposta foi positiva em testes

Artigo Anterior

Mãe diz que “não suporta ficar perto” da filha mais velha e que a “evita a todo custo”

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.