publicidade

Mulher faz “chá revelação de DNA” e viraliza! Pai disse que só assumiria se tivesse certeza

A atitude da enfermeira viralizou nas redes sociais e foi pauta para bastante discussão. Entenda!



Falar sobre “mães solteiras” ou “mães solo” ainda é considerado um tabu pela sociedade. Diversas vezes, a mulher é julgada por ter tido filho e não estar mais com o pai da criança ou tomado a decisão de sair da relação. Além disso, muitos homens acabam sendo grosseiros com mulheres que já são mães e até mesmo deixam de se relacionar com elas por causa do “medo” do que os outros vão pensar.

A história fica ainda mais complicada quando há uma desconfiança quanto à paternidade. O assunto vira motivo de problemas para muitos, o que deveria ser intolerante, pois é a vida emocional de uma criança que está em jogo.

Esse caso aconteceu aqui, no Brasil, e rapidamente tomou o país inteiro e outras partes do mundo também!

A pernambucana Millena Brandão tem 26 anos e viralizou na internet com uma comemoração bastante inusitada. A enfermeira promoveu um “chá revelação de DNA” porque o pai do seu filho desconfiou da paternidade.

À revista Marie Claire, Millena explicou que o filho mais novo foi fruto de um relacionamento de sete meses e, quando descobriu a gravidez, saiu de Pernambuco e foi para São Paulo, viver com o pai da criança, mas a relação não durou e, dois meses, ela depois retornou à sua cidade.


Direitos autorais: reprodução Instagram/@milllena.brandao.

Ela mencionou que, por conta do relacionamento conturbado, entre idas e vindas, o ex-companheiro dizia que o filho era de outro homem, um colega de plantão da jovem, um médico cubano, e outras insinuações.

Até se referiu a uma letra de música sobre uma mulher que não sabia quem era o pai de seu filho. Segundo seu relato, ela disse que o ex só assumiria o filho com a comprovação de um teste de DNA.

Diante disso, ela resolveu dar uma pitada de bom humor na situação e fez o chá revelação de DNA, antes nunca visto. A festa foi decorada como se fosse um chá normal. Na publicação, ela explica que o pai de Otto pediu o DNA e ela resolveu divulgar o resultado de forma diferente. Se o resultado fosse positivo, a cor era prata; se negativo, azul.


Os familiares presentes ovacionaram quando, ao estourar o balão, a cor prata estava dentro. Millena aproveitou para dizer que Otto não era filho de médico cubano nem de “tikin”, referindo-se à letra da música que seu ex-companheiro havia mencionado. Ela também divulgou o exame, escondendo o nome do pai de seu filho, para não o expor.

Direitos autorais: reprodução Instagram/@milllena.brandao.

O que achou da atitude dessa mãe? Concorda com o posicionamento dela?

Comente e compartilhe este texto em suas redes sociais, sua opinião é muito importante para nós!

Baixe o aplicativo do site O Amor e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Amor. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.