Comportamento

Mulher julgada por sua aparência ser inferior à do marido não aceita críticas: “Ele me ama como sou”

Ela usa suas redes sociais para mostrar às pessoas que o amor não depende da aparência.



Vivemos em um mundo onde ainda se dá muito mais importância para o físico do que para a essência. Infelizmente é comum acontecer julgamentos quando o casal não é o “padrão” que a sociedade dita como bonito.

O mais chocante ainda é quando um dos envolvidos na relação é fora do estereótipo de beleza. Quem está de fora julga com tanta certeza que não se amam, que ofendem e ferem os sentimentos sem se preocupar com isso.

Em uma série de vídeos que viralizaram, Sammy Brown mostra que cansou de ouvir e ficar calada. Ela passou a responder aos comentários ofensivos e depreciativos em relação à sua aparência, e isso fez com que seu conteúdo se tornasse um dos mais vistos pelas plataformas digitais.


Sendo uma mulher gorda, Sammy conta, por meio do seu TikTok, que sempre sofreu bullying por causa do seu peso. Quando achou que não seria mais alvo, colocaram o seu relacionamento na mira dos julgamentos e críticas. De acordo com informações do The Sun, Sammy recebeu duras críticas ao compartilhar um vídeo com seu namorado, porque ele não é gordo.

No vídeo, ela pede para que seus seguidores “abracem suas curvas”, que se aceitem como são e sejam felizes. Escreveu que muitos dos seus colegas de escola acharam que ela ficaria triste e solitária para sempre por ser gorda, mas estava provando justamente o contrário.

Direitos autorais: reprodução TikTok/@Sammy Brown06.

Direitos autorais: reprodução TikTok/@Sammy Brown06.


Direitos autorais: reprodução TikTok/@Sammy Brown06.

Há seis anos ela está nesse relacionamento sério e, ao torná-lo público por causa do seu conteúdo, passou a ser alvo de ofensas de seguidores que afirmam com certeza que eles não têm um relacionamento. Nos vídeos que costuma postar, muitos comentários dizem que é notável a maneira como o namorado a olha, demonstrando um profundo amor e respeito e que ela não deveria dar bola para pessoas vazias.

As mensagens foram ficando cada vez mais intensas e em grande quantidade, que ela foi obrigada a desativar a função “comentar” em seus vídeos. A alguns ela respondeu, apesar de desabafar sobre a sua ansiedade, que fica mais atacada quando lê certos tipos de desaforos.

Declarou que vai continuar com seu conteúdo para ajudar quem passa pela mesma situação todos os dias, e mostrar para mulheres gordas que elas podem ser amadas sim, independentemente do seu peso. O amor não está ligado somente à aparência, e sim ao que está no interior do coração.


Justiça bloqueia contas bancárias de Galvão Bueno por dívida

Artigo Anterior

Homem paga compras de mãe com dois filhos pequenos, que teve seu cartão recusado. A bondade é poderosa

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.