publicidade

Mulher se surpreende por postar foto de biquíni e pedirem para se cobrir, pois ela é mãe

A atitude levou-a a uma reflexão em suas redes sociais sobre o papel de uma mulher depois de ter filhos. Entenda!



Mães são duramente criticadas quando fazem algo em desacordo com alguns padrões da sociedade. A ideia de que uma mulher com filhos precisa abdicar de tudo cresceu na mente das pessoas e se tornou um fator limitante. Com isso, alguns começam a fazer julgamentos desnecessários sobre o comportamento de uma mãe.

Não importa o que ela faça, sempre haverá alguém para falar sobre suas decisões, seja na criação dos filhos, seja consigo mesma. Fato é que muitas mulheres estão acordando para essa nova realidade e começam a se posicionar.

Essa mulher decidiu fazer uma reflexão em suas redes sociais. Sia Cooper é uma enfermeira que se tornou personal trainer, com certificação. Ela decidiu mudar sua vida quando se viu acima do peso e transformou seus hábitos alimentares ruins em bons.

Obteve apoio de muitas mulheres, quando decidiu documentar sua transformação e, a partir daí, começou a fazer sucesso. Ficou conhecida como “mamãe em forma” pois, depois de dar à luz seu primeiro filho, ela recomeçou a luta para perder peso.

Registrou tudo e conseguiu manter uma gravidez ainda mais saudável de sua segunda filha. Tornou-se viral por ter engordado pouquíssimo na segunda gravidez.


Direitos autorais: reprodução Instagram/@ diaryofafitmommyofficial.

De acordo com o site Love What Matters, Sia se incomodou por postar uma foto de biquíni e um seguidor achar ruim, pedindo que ela se cobrisse, pois teria de se comportar feito uma mãe. Ela se sentiu envergonhada e decidiu debater sobre isso.

A enfermeira questionou o porquê de as mães precisarem esconder seus corpos e desde quando uma mãe não poderia se sentir sexy e publicar uma foto de biquíni. Continuou dizendo que os filhos devem ver a mãe como um ser humano que se orgulha do próprio corpo, que tem amor-próprio e se ama.


Disse que gostaria que seus filhos a vissem como uma mulher positiva, que confia em si mesma e na própria pele, pois não existe nenhuma regra que afirme que mães não podem usar um biquíni.

Ela também relatou que cresceu com uma mãe que não se amava, e esse comportamento a fez detestar seu corpo desde nova. Não podia engordar, que sua mãe a criticava, e isso a deixava muito abalada.

Contou que demorou muito para se aceitar e amar, e teria dado qualquer coisa para que sua mãe sentisse o mesmo. Ela tem a certeza de que seus filhos enxergam sua positividade consigo mesma todos os dias, pois isso melhora não apenas a aparência, mas o convívio e a harmonia.

Direitos autorais: reprodução Instagram/@ diaryofafitmommyofficial.

Sia diz ainda que é preciso fazer uma mãe se sentir bonita e plena, pois ela já tem um milhão de coisas para fazer. Não é justo que não possa ser quem é por receio do que os outros vão pensar. A maternidade deixa as mulheres bem mais sensíveis, esgotadas, deprimidas e exaustas e, ao se olharem no espelho, elas precisam sentir orgulho e não vergonha.

Cooper finaliza sua reflexão fazendo um pedido para deixarem de julgar a aparência das mães, pois o maternar não é fácil, então essa condenação é desnecessária. Concluiu que toda mulher merece se sentir confortável na própria pele, sem opiniões ofensivas da sociedade.

O que achou da reflexão dela? Concorda com sua atitude?

Comente e compartilhe este texto com seus amigos em suas redes sociais!

Baixe o aplicativo do site O Amor e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Amor. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.