publicidade

Mulheres entram em campanha virtual para normalizar seus pelos. Estão se sentindo libertas!

A quebra do padrão de beleza está virando febre. Mulheres do mundo todo estão promovendo campanhas que incentivam a autoaceitação. Entenda!



A diversidade dos corpos das mulheres é gigantesca. Por esse motivo que o estereótipo de beleza já deveria cair por terra. Durante muitos anos, as mulheres foram escravizadas para entrar em certos padrões considerados como irreais hoje em dia.

A liberdade de expressão fez com que algumas começassem a se opor, e outras foram seguindo o grito da libertação. Começou com os cabelos brancos. Antes era motivo de vergonha, hoje em dia, muitas mulheres aceitaram os fios grisalhos e estão ditando moda.

A mesma coisa aconteceu com os diferentes biotipos. O ideal de beleza antigo era de mulheres mais robustas, passando pela era das magras e chegando às mais musculosas, atualmente.

Uma das questões que mais causam polêmica, com certeza, é sobre os pelos no corpo.


A depilação é uma constante na vida das mulheres. Pelos nas axilas, rosto e pernas são normais e naturais. As campanhas de aceitação corporal estão batendo bastante em cima disso, pois a mídia acaba obrigando a achar que ter pelos no corpo é errado.

As embaixadoras do Januahairy (Janeiro peludo, em tradução para o português), são mulheres adeptas de uma campanha que visa normalizar os pelos nas pernas e axilas, principalmente. Esse movimento nasceu na internet e promove a não depilação e aceitação dos pelos, mas não é uma imposição. Só participa quem quiser, não é um grupo radical nem pessoas enraivecidas, porque outras se depilam. É apenas uma quebra de padrão.

Direitos autorais: reprodução Instagram/@ januhairy.

O movimento já tomou o mundo inteiro e tem o objetivo de fazer as mulheres não se sentirem presas a certos padrões. Celebridades também entraram na campanha e deram força para a ação.


Madonna e sua filha, Paris Jackson, filha do Rei do Pop Michael Jackson, e brasileiras famosas, como Bruna Linzmeyer e Maria Flor, estão na lista das mulheres adeptas do movimento.

Direitos autorais: reprodução Instagram/@Brunalinzmeyer.

Independentemente de quem ache bonito ou não, o motivo por trás desses movimentos é a procura da autoaceitação. É muito difícil encontrar uma mulher que não reclame de si mesma, achando defeitos que nem existem na verdade.

Quando aprendemos a nos olhar com mais carinho, percebemos que nossas “imperfeições” são o que nos fazem únicas neste mundo.

Direitos autorais: reprodução Instagram/@mariaflor31.

A quebra de padrões de beleza não é somente ligada aos pelos, existem outros movimentos, como os de não se maquiar. Muitas mulheres começaram a não usar maquiagem, e dizem que isso foi libertador e se aceitaram ao natural.

O que achou dessa campanha? Conhece alguém que faria parte? Considera esse movimento como uma aceitação do corpo?

Comente e compartilhe este texto em suas redes sociais!

Baixe o aplicativo do site O Amor e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Amor. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.