Comportamento

“Não aceito conta conjunta com meu namorado, ele tem filhos e não quero pagar as despesas deles”

Licenciada para o site O Amor: jackf/123RF Imagens.
2 Nao aceito conta conjunta com meu namorado ele tem filhos e nao quero pagar as despesas deles

A mulher contou sua história em um fórum anônimo para pedir opinião sobre sua decisão. Ela se sentia culpada por não querer e tinha medo de o seu relacionamento terminar por isso

Relacionamento amoroso sério não é tão simples quanto parece, pois ao se envolver com outra pessoa, muito de sua verdade se torna rotina de ambos. A bagagem emocional do outro acaba influenciando suas decisões, falas e comportamento, fazendo com que a dinâmica de relação seja conduzida por essas características.

Geralmente, os problemas e desafios da outra parte acabam fazendo parte do relacionamento, já que, pelo fato de o envolvimento ser sério, muito do que acontece na vida particular entra em pauta.

Esse caso conta a experiência de uma mulher que necessitou ir a um fórum anônimo para pedir ajuda com opiniões sobre sua história. De acordo com informações do The Sun, ela revelou ao Reddit que não se sentia confortável em pagar a pensão alimentícia dos filhos de seu namorado.

O fato aconteceu porque o parceiro pediu a ela para juntarem as finanças, criando uma conta conjunta. A prática é bem comum entre muitos casais, mas nesse caso a mulher não quis, porque teria de ajudar a arcar com uma despesa que não é dela, de acordo com seu relato.

Ela então pediu conselhos, pois o companheiro disse a ela que o relacionamento só seguiria em frente se o casal tivesse uma conta conjunta, a fim de administrar melhor o dinheiro, já que contas separadas não poderiam dar certo, segundo o homem.

Ela escreveu que o namorado quer uma conta conjunta para dividir as despesas, já que são um casal, e acha errado cada um ter a própria conta, porque é uma maneira de enganar um ao outro.

Já ela não achou a ideia interessante pelo fato de ele ter três filhos, de outros relacionamentos, pelo que paga pensão. Ao juntar as finanças, ela passará a ter essa despesa também, e não acha justo, uma vez que os filhos não são seus. Pensa também que, mais para a frente, os filhos vão crescer e os gastos serão ainda maiores, como carro, faculdade, e não quer participar disso.
Por causa desse embate, ela decidiu postar a história para pedir ajuda, pois está se sentindo culpada por não estar confortável com a situação. Na publicação, a maioria em peso deu razão a ela, de não querer se comprometer com um gasto que não lhe pertence, já que o namorado tem responsabilidade legal sobre isso, não ela.

Também a aconselharam a terminar o relacionamento, pois ele estava querendo controlar os gastos financeiros dela com a conta conjunta, e isso é um dos sinais de relacionamento abusivo, de acordo com as mensagens na postagem.

Muitos se compadeceram da situação e a alertaram para os riscos de abrir uma conta junto com ele. Argumentaram que se ele a amasse de verdade, não imporia condições como essa para manter o relacionamento.

0 %