Não permita que as outras pessoas joguem o seu “lixo emocional” em você!

4min. de leitura

Você já teve em sua vida alguém que se sentia no direito de aparecer do nada e jogar todos os seus lixos emocionais em você?



Infelizmente, isso é mais comum do que deveria. São muitas as pessoas que não sabem administrar os próprios sentimentos e acreditam que aqueles ao seu redor têm obrigação de aguentar todos os pesos negativos que carregam.

Essas pessoas acreditam que somos sua lixeira emocional e que nossa única função é absorver todas as suas insatisfações, mágoas e sentimentos negativos, fornecendo-lhes um reforço positivo para tudo o que sentem.

Geralmente essas pessoas são próximas a nós, pode ser algum familiar ou até mesmo amigo. Elas acreditam que o nível de intimidade que compartilhamos justifica suas atitudes egoístas, e que está tudo bem despejar em nós todas as suas insatisfações com a vida, porque quem nos ama deve estar disposto a sempre nos escutar.


No entanto, elas se esquecem de uma coisa: a base de um relacionamento saudável é o respeito mútuo e nenhum de nós tem o direito de contaminar a vida do outro com nossos problemas e ainda acreditar que está tudo bem.

É claro que podemos falar sobre tudo com os nossos amigos, dividir problemas, inseguranças e momentos ruins de nossos dias, mas da maneira certa, conversando como adultos, com maturidade e responsabilidade, não apenas aparecendo do nada no dia da pessoa, enchendo-a de negatividade.

Todos nós temos problemas e nunca sabemos o que o outro está passando, por isso devemos ser cautelosos quando falamos sobre algo pessoal com uma outra pessoa, considerando que há dias em que o outro não quer e não é obrigado a aguentar tudo o que temos para dizer.

Ninguém quer ter seu interior preenchido com as coisas ruins de outras pessoas, ouvir reclamações que não têm fim, ser maltratado por situações das quais nem se está envolvido ou ouvir coisas ruins por conta dos erros de outros.


Descontar os seus problemas em outra pessoa é uma grande falta de maturidade e é algo que precisa ser tratado.

Alguém que faz de todos ao seu redor sua lixeira emocional nunca consegue criar um vínculo realmente positivo com alguém.

Se você tem uma pessoa dessas em sua vida, estabeleça limites, não permita que ela faça o que quiser com você ou nunca conseguirá sua liberdade interior. Concentre-se nas pessoas que o respeitam e o fazem crescer.

E se perceber que é você quem está fazendo outras pessoas de lixeira emocional reveja suas atitudes, procure ajuda especializada para se libertar desse hábito, conhecer uma versão melhor de si mesmo e criar uma vida mais saudável e feliz.

Não permita que as outras pessoas joguem o seu “lixo emocional” em você. Cada um de nós é um ser único e especial, que tem o direito de viver feliz com boas pessoas ao lado, portanto, não se contente com menos do que realmente merece.

As coisas só vão para frente quando assumimos o controle de nossas próprias vidas e não permitimos que nos tratem como bem entendem, mas, sim, como merecemos ser tratados.


Texto escrito com exclusividade para o site O Amor. É proibida a divulgação desse material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.


Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Amor: Kaspars Grinvalds/123RF Imagens.

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.