O incontrolável controle…

3min. de leitura

Não se controla o tempo e nem a meteorologia.



Não se controla a intensidade do amor, e muito menos a saudade.

Somos tomados de assalto por acontecimentos inusitados da nossa própria vida, seja uma visita não esperada, e que nos é querida ao coração, ou uma dor de barriga arrebatadora. A surpresa sempre faz parte do controle, ou da falta dele.

O controle não tem regras, e não nos obedece apenas por que nossa vontade assim o quer. Ele age por suas próprias leis, e ao seu bel prazer. O “controle” é livre, e, apesar de seu significado, de controlável não tem nada.


O controle brinca com nossas vontades mais profundas, nos ilude em jogos de poder, quando o achamos que assim o possuímos. No entanto, o controle apenas no ludibria e quando nos damos por conta estamos como a segurar o vento por entre os dedos.

A vida nos apresenta situações onde o incontrolável predomina. E, assim, somos obrigados a rever nossa posição de acreditar que temos o controle sobre tudo.

Na prática, pode-se até tentar administrar algumas variáveis a favor da nossa causa, mas de modo geral, o total e absoluto controle, é como um “castelo de areia” que ao mesmo tempo em que se mostra imponente, forte e intrépido, desfaz-se num piscar de olhos nos revelando sua fragilidade.


Assim é o controle, apenas uma aparência, um engano do ego, que iludi/alucina, mostrando-se dono de um poder que na verdade não pertence a ninguém.

A vida acontece em ciclos, e assim os acontecimentos vão se sucedendo em ações e reações, que poucas vezes enxergamos como sucessão das escolhas diárias. Fazemos escolhas a todo o momento e assim vamos selando e construindo nossa estrada de tijolos dourados – cada escolha, um novo tijolo – um novo norte.

Necessitamos reconhecer a responsabilidade pelos acontecimentos de nossa vida, e conviver com a consequente desilusão a respeito deste descontrole.

Vale lembrar, que todo o momento de crise é, também, uma oportunidade de crescimento pessoal. O aceite de nossos limites é uma atitude de humildade para conosco, pois significa a compreensão de questões que não podemos controlar, bem como, de sermos menos rígidos com nós mesmos e, assim, não nos culparmos diante de resultados que não dependem somente de nós.

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.