Comportamento

Pai se recusa a trocar fraldas do filho à noite, pois precisa de 8 horas de sono para trabalhar

Licenciada para o site O Amor: ammentorp/123RF Imagens.
3 Pai se recusa a trocar fraldas do filho a noite pois precisa de 8 horas de sono para trabalhar

Segundo o relato do homem, já que sua mulher sempre acorda, não haveria motivo para ele ajudar nisso.

A relação entre homem e mulher muda bastante quando se tem filho. Isso é uma verdade incontestável, mas não é motivo para que um não ajude o outro. Infelizmente é muito mais comum homens não auxiliarem suas esposas nos cuidados de um bebê por justificar que isso é tarefa da mulher e não possuírem “vocação”.

A verdade é que a criação e a construção do desenvolvimento de uma criança têm de ser realizadas pelos dois. O cuidado não é apenas de uma das partes. Família é uma unidade, é onde todos os envolvidos precisam ajudar e cumprir as obrigações, assim não fica pesado para ninguém.

Mas esse conceito não é primordial para algumas pessoas. De acordo com o The Sun, um homem decidiu expor sua indignação em um fórum online, explicando que havia se recusado a trocar as fraldas do filho durante a noite porque precisava de 8 horas seguidas de sono, pois trabalharia no outro dia.

Ele explicou que acredita não precisar se levantar para isso, pois a esposa também acorda e tem a licença-maternidade para ajudá-la, não precisando trabalhar no outro dia. Segundo o relato do pai, no Reddit, o bebê tem 5 semanas, o que equivale a pouco mais de um mês.

O pai disse que não há necessidade de dois adultos estarem acordados, sendo que ela já estará lá por ter de amamentar a criança, logo pode também trocar a fralda, já que acorda três ou quatro vezes por noite.

O homem disse que se levanta na mesma hora para trocar o bebê, assim que sua esposa descansa da mamada, mas não acredita que isso seja justo, pois em seu raciocínio, como ela já está com a criança, poderia também trocá-la, e assim daria ao pai o sono completo de oito horas.

Ele chegou a confrontar a esposa sobre isso, e ela respondeu que precisa ir ao banheiro, tomar água e se alimentar, e faria isso enquanto ele trocasse a fralda. Mas o homem insiste em afirmar que poderia fazer tudo sozinha. O mais intrigante dessa história é que o pai também está em licença-parental. Explicou que, quando voltar ao trabalho, não vai poder ajudá-la.

Diante do comportamento do homem, ele recebeu duras críticas sobre a maneira como pensa. Muitos usuários ficaram indignados com o fato de ele não se solidarizar com a mãe do próprio filho, alegando que ela consegue fazer tudo, sendo que claramente não é assim que funciona.

Outra mensagem foi deixada, relatando que é por esse motivo que muitos casais se divorciam logo após o nascimento do bebê, pois a mulher fica completamente esgotada e o marido nada faz para ajudar. Outro comentário deixou claro que mães ficam exaustas o tempo inteiro e o mínimo que ele deveria fazer era ajudá-la, pois o filho é responsabilidade dos dois.

Concluíram que o homem não entende o que é paternidade, até porque se compreendesse, saberia que significa ter responsabilidade e compartilhar de todos os momentos. Disseram ainda que o pai quer se comportar feito um bebê e que deveria decidir sobre o tipo de exemplo que quer ser para o filho.