publicidade

Para não interromper gravidez, mulher recusa quimioterapia e dá à luz seu terceiro filho!

Sarah Milner não pensou duas vezes e priorizou a vida do pequeno Louis! Que exemplo de mãe!



O amor incondicional que uma mãe tem por seus filhos é de inspirar qualquer pessoa. Mães possuem uma força inigualável e são capazes de dar a sua vida por seus descendentes.

É o caso de Sarah Milner. Aos 30 anos, decidiu sacrificar-se para salvar seu bebê, depois de descobrir um câncer extremamente agressivo. Ela já estava na vigésima semana de gravidez e os médicos a aconselharam a interromper a gestação para iniciar a quimioterapia.

Ela já era mãe de duas outras crianças, mas seu sonho de ser mãe novamente ainda brilhava em seu coração.

Direitos autorais: divulgação Dailymail/Caters News Agency.

Sarah contou ao Daily Mail que ficou devastada quando recebeu o diagnóstico. O câncer cervical estava no estágio 1, mas era considerado um caso grave. Por conta disso, os médicos acharam melhor que ela abortasse.


Relutante, ela decidiu pela vida de seu filho, queria tê-lo de qualquer maneira. E assim o fez. Recusou o tratamento e deu à luz o lindo Louis, que nasceu saudável e é motivo de muita alegria para a família.

Após o nascimento, ela fez um procedimento chamado histerectomia, que é a remoção do útero. Também foram removidos os linfonodos de seu corpo, uma tentativa para lutar contra o câncer. Durante todo o verão, ela fez radioterapia para que fosse possível reduzir o avanço da doença.

Porém um caroço foi descoberto e com demais exames foi comprovado que o câncer infelizmente tinha se espalhado pelo corpo inteiro de Sarah. Já estava na fase 4 e não havia mais nada que pudessem fazer. Ela contou que sabia dos riscos que corria ao negar o tratamento anteriormente, mas achou que o resultado poderia ser diferente.


Mas engana-se quem pense que ela se arrependeu, muito pelo contrário. Sarah ficou muito feliz ao ter realizado o sonho de colocar Louis no mundo.

Atualmente, ela faz quimioterapia como forma de prolongar sua vida. Os médicos deram uma expectativa de dois anos a ela. Isso a fez casar-se com seu companheiro e obtiveram uma licença especial para o matrimônio de última hora. A data escolhida foi 14 de dezembro.

Na cerimônia, os filhos do casal e os parentes estavam presentes, ela ganhou um vestido e um véu de uma loja especializada. Sentiu-se realizada e feliz por conseguir se casar, foi uma das coisas mais importantes para ela, relatou. Conseguiram também passar uma minilua de mel, a qual ela descreveu como fantástica.

Direitos autorais: divulgação Dailymail/Caters News Agency.

Sarah finalizou dizendo que gostaria de deixar coisas especiais para seus filhos, quando partir. Ela está escrevendo cartões de aniversários e outros para as demais ocasiões.

Que essa bela história nos sirva de lição! O amor realmente é o sentimento mais lindo que existe!

O que achou deste texto?

Comente e compartilhe com seus amigos, gostaríamos de saber sua opinião!

Baixe o aplicativo do site O Amor e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Amor. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.