Se no momento você se sente infeliz, pare um pouco e leia isso:

5min. de leitura

É tão desgastante, não é? Como um gás escuro que enche todo o seu corpo e faz você se perguntar se algum dia vai se sentir normal novamente.



Às vezes, dura um dia. Às vezes, dois. Às vezes, é um mau mês ou um ano ruim. Às vezes, é porque alguém quebrou seu coração. Às vezes é só porque é inverno e está escuro o tempo todo. Às vezes, é porque seu amigo acaba de ser promovido no trabalho ou experimentou um sucesso incrível de uma forma ou de outra, e você ainda está apenas sentado, querendo sentir-se feliz por ele, mas acaba se sentindo em pânico pois não consegue se sentir feliz por ele. Em seguida, sente-se ainda mais horrível porque que tipo de pessoa é você se não consegue se sentir feliz por um amigo?

Mas seja por causa do sucesso de um amigo, pelo seu coração partido ou por nenhuma razão – e se dura um, três ou 246 dias, você não é a primeira pessoa a se sentir assim e não será a última.

Gostaria de poder escrever uma lista. Um guia passo-a-passo de exatamente o que você precisa fazer para parar de se sentir infeliz.

Mas não posso, porque não é assim que funciona a infelicidade. Há coisas que você pode fazer para tentar iluminar seus dias um pouco – para tornar a sua casa mais aconchegante, fazer coisas que te deixam menos sozinho e encontrar maneiras de ajudá-lo a manter a cabeça acima da água até sair deste buraco. Mas não há truque para simplesmente se livrar da infelicidade, para extinguir a chama em um instante.


Mas o que você pode fazer, entretanto, é ser gentil consigo mesmo. E ser gentil consigo mesmo significa muitas coisas diferentes. Significa fazer tudo em seu controle para se manter confortável e saudável – dormir o suficiente, ter tempo para descansar quando necessário, fazer caminhadas, comer bem, apoiar-se em entes queridos quando as coisas são realmente difíceis.

Mas ser gentil consigo mesmo, especialmente quando você está infeliz, também pode significar ser duro consigo mesmo.

Recusar-se a chafurdar. Sair da cama e ir para o trabalho, não importa quão frio ou escuro esteja lá fora, independentemente de se sentir triste internamente. Forçar-se a se exercitar, mesmo que seja a última coisa que você queira fazer, mesmo que seja apenas andar ao ar livre durante doze minutos. Levar seus amigos para passar tempo com você, mesmo quando sua vontade é apenas se esconder sob as cobertas e ficar sozinho – porque você sabe, no fundo, que o que realmente precisa é estar na companhia de pessoas que te amam.

Você tem que fazer essas coisas mais difíceis, quando está infeliz. Você tem que ser forte, tem que cuidar de si mesmo. Você tem que dizer a si mesmo que é forte, repetidamente, a cada dia, mesmo que não acredite. Você tem que se manter em movimento, tem que continuar.


As pessoas que superaram dificuldades antes de você, não eram melhores do que você, ou mais fortes do que você, ou menos sobrecarregadas do que você. Elas se sentiam fracas e tristes – assim como você. Mas elas continuaram.

Você não está errado por ser infeliz. Você não é uma aberração ou um fracasso.

Você não é preguiçoso nem está procurando atenção. Você é uma pessoa. E quando você é uma pessoa, às vezes experimenta crises dolorosas, quase paralisantes de infelicidade. Às vezes há uma razão para isso, às vezes não.

 

Mas você precisa se lembrar de que é humano, você está bem, não está errado por se sentir assim. Você tem que ser gentil consigo mesmo, tem que ser gentil o suficiente para ser duro consigo mesmo. E acima de tudo, você tem que lembrar que não está sozinho, você nunca está sozinho, e isso é exatamente o que te conecta a todas as outras pessoas neste mundo.

____

Traduzido pela equipe de O Segredo Fonte: Thought Catalog

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.