Comportamento

“Sou mãe extra, não madrasta.” Gisele Bündchen conta como encarou o nascimento do enteado

Foto: Reprodução
capa gisele

A ex-modelo descobriu que o então namorado Tom Brady era pai do filho da ex-namorada. A gravidez aconteceu logo depois da separação.

O nascimento dos filhos é capaz de provocar profundas mudanças na vida de todas as pessoas ao redor, criando um ambiente de mais amor, compreensão e delicadeza. Familiares e amigos assistem a esse crescimento infantil bem atentos, sem querer perder nenhum momento, nenhum novo aprendizado, muito menos as fofuras que fazem.

Para a ex-modelo Gisele Bündchen, o nascimento do filho do atual marido Tom Brady fez com que refletisse sobre o que queria para sua vida, porque a famosa estava em um relacionamento com o atleta fazia pouco mais de dois meses quando eles descobriram que sua ex-namorada, a atriz Bridget Moynahan, estava grávida de John Edward Thomas.

A supermodelo escreveu em seu livro “Aprendizados: minha caminhada para uma vida com mais significado”, lançado em 2018, um pouco do que passou na época. Ela e Tom se conheceram em 2006, apresentados por um amigo em comum. Quando tinham pouco mais de dois meses juntos, o atleta descobriu que a ex-namorada estava grávida de seu primeiro filho, e os três se viram numa situação complexa.

Em entrevista à People, Gisele explicou que aquela não era a situação ideal para ninguém, e que não sabiam como passariam por tudo aquilo, mas escolheram seguir em frente. “Ele abriu meu coração de uma forma que eu nem sabia que meu coração poderia se expandir. Eu me apaixonei por ele”, conta a supermodelo em seu livro.

2 Sou mae extra nao madrasta Gisele Bundchen conta como encarou o nascimento do enteado

Direitos autorais: Reprodução Instagram/ @gisele

“Foi definitivamente uma surpresa para nós dois. No começo você está vivendo essa fantasia romântica, você está pensando: isso não pode ser verdade, é tão bom! E então, opa, despertador”, a modelo contou à People sobre a gravidez de Moynahan. Posteriormente, Tom Brady falou sobre o momento, explicando que, naquela situação, conseguiu ver quem era realmente Gisele, assim como ela também conseguiu ver que ele não era o tipo de pessoa que fugia das responsabilidades.

Dois anos depois, eles decidiram se casar em uma cerimônia intimista, apenas para os familiares mais próximos. O sonho de começar uma família se fortaleceu e hoje o casal tem Benjamin Rein, de 12 anos, e Vivian, de 9. À Vanity Fair, Gisele comentou um pouco sobre sua relação com o enteado, que a família apelidou carinhosamente de Jack.

3 Sou mae extra nao madrasta Gisele Bundchen conta como encarou o nascimento do enteado

Direitos autorais: Reprodução Instagram/ @gisele

Ainda que não fosse a situação ideal de um relacionamento, ao descobrir que seu namorado e a ex-companheira vão ter um filho, ela sentiu o amor transbordar quando decidiu continuar o relacionamento com Tom. “Sinto-me abençoada por tê-lo em minha vida. Eu entendo que ele tem uma mãe, e eu respeito isso, mas para mim não é porque outra pessoa deu à luz que não é meu filho. Eu sinto que é 100%. Quero que ele tenha um ótimo relacionamento com a mãe dele, porque isso é importante, mas eu o amo, como se ele fosse meu. Eu já sinto que ele é meu filho, desde o primeiro dia”, revelou a famosa.

Na imprensa, muito se especulava sobre a relação das duas, e alguns tabloides chegavam a afirmar que Bridget ficava ofendida com os comentários de Gisele sobre Jack ser considerado um filho. Pouco tempo depois, as duas e Tom Brady foram flagrados pelas lentes de paparazzi em um parque juntos, sem demonstrar animosidade.

4 Sou mae extra nao madrasta Gisele Bundchen conta como encarou o nascimento do enteado

Direitos autorais: Reprodução Instagram/ @tombrady

Nas redes sociais, Bridget ainda compartilha fotos de Tom e sempre o parabeniza por seu trabalho como quarterback no Tampa Bay Bucaneers, na Liga Nacional. Além disso, os três filhos são sempre fotografados juntos, e tanto Gisele quanto o marido costumam compartilhar os cliques em família.

5 Sou mae extra nao madrasta Gisele Bundchen conta como encarou o nascimento do enteado

Direitos autorais: Reprodução Instagram/ @bridgetmoynahan

Para a supermodelo, ser chamada de “madrasta” de Jack é algo que a incomoda, isso porque se sente muito mais como uma “mãe bônus” do que como alguém que apenas caiu de paraquedas na relação. Como sempre esteve presente no desenvolvimento do primogênito do marido, eles estabeleceram uma relação familiar que pode não ser considerada ideal pelos padrões sociais, mas que funciona muito bem para os membros.

0 %