Três atitudes que você não deve ter no natal:

6min. de leitura

Além do sentido religioso cristão sobre o nascimento de Cristo, Natal significa AMOR!

Partindo deste princípio, amor significa entrega, perdão, compaixão e doação.



Nessa época do ano é comum ver as pessoas com as mãos cheias e os corações vazios.

Se hoje o ser humano carece tanto de um sentido, é porque as pessoas trocaram sua riqueza interior por riqueza exterior.

Mas nem tudo está perdido! Um dos sentidos do Natal também é esse: despertar as pessoas para o que realmente é importante. É hora de rever alguns atos para despertar novamente a fagulha de luz em nossos corações.


Resolvi chamar sua atenção para algumas atitudes que, muitas vezes, cometemos nessa época e “assassinamos o Natal”.

Então aí vão 3 atitudes que você NÃO deve ter no Natal:

Não brigar com seus familiares e amigos

Não é de hoje que vejo famílias em “pé de guerra” para saber na casa de quem será celebrado o Natal.

A filha quer que a mãe, o pai e o irmão passem o Natal na casa dela porque ela acabou de ter bebê; o filho quer que os pais e a irmã passem na casa dele porque é maior, mais confortável e ele já encomendou a ceia; o pai quer passar a ceia em casa vendo o Roberto Carlos cantar porque acha tudo isso uma besteira, para ele é só mais uma data qualquer; a  mãe que já tinha preparado o peru e o pudim de leite preferido dos filhos, acaba chorando porque ela não quer decepcionar nenhum dos filhos e muito menos o marido.


Resumindo, acaba passando cada um na sua casa de cara virada para o outro, e ainda, os mais rancorosos, levam essa besteira para o próximo ano.

Vem cá! Isso é Natal?!

Todos têm 365 dias para resolver essa questão da ceia e celebração do Natal de forma civilizada e justa, mas todo ano é a mesma coisa, sempre deixam para resolver em cima da hora, no dia 24 de dezembro.

Um pouco de falta de disciplina não acha?

Não seria mais fácil conversar de forma civilizada, sem ser egoísta, sem olhar para seu próprio umbigo e decidir o que seria melhor para todos?

Sinceramente esta atitude você NÃO DEVE TER no Natal.


Não se endividar para agradar

Uma atitude que você precisa abandonar com urgência é parar de se endividar no Natal e passar o ano seguinte inteiro pagando as dívidas das compras de presentes para Deus e o mundo.

Se você é rico/rica ou é organizado ao ponto de ter renda sobrando para comprar presente para todos, pode pular para próxima dica.

Mas se você é um simples mortal assalariado e um pouco desorganizado, aprenda a não gastar todo seu décimo terceiro para tentar comprar o amor dos outros.

As pessoas não o amarão mais ou menos pelo valor do presente que você pode comprar para elas, mais sim pela importância e amor que você dá a elas.

Seja coerente, se para você é indispensável presentear, ok, eu respeito, mas não precisa fazer empréstimo no banco ou “torrar” todo seu décimo terceiro em presentes para os outros e para si mesmo.

Se for o caso, dê uma lembrança sincera, criativa e de coração. Vale algo útil que a pessoa possa usar no seu dia a dia, quem sabe você mesmo pode produzir os presentes de Natal.

Com certeza será único, você gastará muito menos e a pessoa se sentirá lisonjeada em receber algo feito com amor por suas próprias mãos.

E para enfeitar sua casa, para entrar no clima natalino, basta ter criatividade, que tal buscar algumas referências de árvores de Natal criativas no Pinterest ou no Google?


Não esbanjar comida

Em um século onde ainda existem pessoas morrendo de fome, acredito que o maior “pecado” seja esbanjar comida, seja no Natal, em outra data comemorativa ou no dia a dia.

Muita gente se preocupa em realizar uma ceia estonteante com 6 pratos principais, mais entradas, mais sobremesa, mais bebidas caras, mais comidas típicas da época, etc. Tudo isso para uma ceia com 4 pessoas.

Não digo que você não deva comer bem e celebrar com sua família, muito pelo contrário, o que eu quero é que você observe que não é necessário fazer um monte de comidas para jogar no lixo depois.

Faça a quantidade de comida suficiente para alimentar e celebrar com as pessoas que você ama, afinal, a gula é um dos sete pecados capitais, não é mesmo?

Não se ofenda se você tem algumas dessas atitudes! Simplesmente, quero alertar a todos a verem o Natal com outros olhos, com olhos de gratidão (peça menos e agradeça mais), consciência coletiva, amor e principalmente paz.

Desejo que você tenha um Natal cheio de alegrias, sorrisos, emoções e fortes abraços! Afinal, este é o verdadeiro espírito natalino: amor e paz!

________________

Direitos autorais da imagem de capa: luckybusiness / 123RF Imagens

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.