publicidade

“Uma mulher deve envelhecer com elegância, e não tentar aparentar uma idade que não tem”, diz Carolina Herrera

Acompanhe o desfecho da polêmica fala da estilista sobre o que uma mulher mais madura pode ou não usar.



Carolina Herrera é mundialmente conhecida como estilista de enorme prestígio, e sua trajetória no ramo da moda é brilhante. Criou sua marca em 1980 e desde então coleciona um sucesso atrás do outro. Sua linha tem muito requinte, elegância, luxo e sofisticação, sendo umas das mais bem conceituadas na área.

Tornou-se uma sumidade no conceito luxuoso por trazer identidade única às suas criações. O interesse requintado fez com que suas roupas tivessem sucesso imediato logo após serem lançadas. Descobriu sua paixão aos 13 anos, quando foi a Paris (França), com sua avó, e lá ficou fascinada pelo trabalho do estilista espanhol Cristóbal Balenciaga, que serviu de inspiração para sua marca.

Em 1988, desenvolveu o primeiro perfume feminino e com isso criou um verdadeiro império também nesse ramo, sendo o “212” sua fragrância mais famosa, a qual até hoje é recorde de vendas.

Por quase 40 anos, a Sra. Herrera, como é chamada, usou seu sexto sentido sobre o que as mulheres querem vestir, explorando suas ideias e construindo uma história magnífica, cujo resultado está na casa do bilhão de dólares.

Direitos autorais: reprodução Instagram/ @mcgregorphoto.

Suas obras sofisticadas logo ganharam as lojas, na década de 1980, e o sucesso é seu legado até os dias de hoje.


Por ser uma figura pública, Carolina constantemente dá entrevistas a diversas revistas e jornais. Em 2018, para o Daily Mail, sua fala acabou sendo interpretada de diversas maneiras.

Ela deu dicas de moda para todas as mulheres, em especial as mais velhas, dizendo que não se usa jeans, preto e biquíni. Continua também explicando sobre o conceito de estilo em mulheres maduras, e conclui dizendo que, em certa idade, não acha correto usar cabelos compridos, até os ombros, pois a maioria das mulheres optam por fios mais curtos.


Por ser conhecida como a imperatriz da elegância, Herrera tem licença para falar sobre os looks femininos com propriedade.

É comum, no mundo da beleza, essas dicas serem compartilhadas. Elas estão relacionadas com a idade, altura, tom de pele, e não são uma imposição. São opiniões.

Ela então opinou sobre o que considera certo em mulheres que já atingiram idade mais elevada. Afirmou que uma mulher deve envelhecer graciosamente, e não tentar demonstrar uma idade que ela não tem, pois assim será exposta ao ridículo.

Ao final da entrevista, ela comentou sobre não ser elegante, tampouco sofisticado, mulheres mais velhas usarem minissaias, biquínis e outros artigos muitos joviais, pois não têm mais idade para isso. Também disse achar que cabelos curtos dão um ar mais sofisticado a mulheres de idade madura.

E você? Qual a sua opinião sobre a fala da estilista? Concorda?

Comente e compartilhe em suas redes sociais!

Baixe o aplicativo do site O Amor e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Amor. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.