publicidade

Nova pesquisa diz que seus pensamentos têm um enorme efeito sobre seu bebê não ainda nascido

A conexão entre pensamentos e nossas formas físicas, é distinta. Quando você tem pensamentos negativos, tende a se sentir fisicamente pior. Quando você está feliz, tende a se sentir melhor. Acontece bastante com as mulheres, mas elas não são as únicas a sentir isso.



Uma nova pesquisa está indicando que, não muito tempo após a concepção, o seu estado de espírito começa a ter impacto no sua embrião psicologicamente. Enquanto o feto está em desenvolvimento, na verdade, o seu subconsciente armazena informações a partir do seu ambiente.

Ao sexto mês, o feto pode ouvir a voz da mãe e entender se ela está feliz, com raiva ou triste. Quando os pais gritam um com o outro, o bebê sente essa emoção. Você poderia imaginar meses de turbulência para um bebê que ainda não se desenvolveu o suficiente para entender? Isso pode ter um impacto profundo sobre o desenvolvimento.

“É biologicamente impossível para um gene operar independentemente do seu ambiente: genes são projetados para serem regulados por sinais de seu envolto”, diz Daniel Goleman, em Social Intelligence. “Alguns dos quais, por sua vez, são profundamente influenciados pelas nossas interações sociais.”

A ligação entre os pensamentos negativos e uma resposta negativa é clara. Ao mantê-la positiva durante a gravidez, você libera os hormônios responsáveis por “se sentir bem” como a oxitocina, e têm um efeito positivo sobre o seu bebê.


 

___


Traduzido pela equipe de O Segredo

Fonte: Life Hack

Baixe o aplicativo do site O Amor e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Amor. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.