Hábitos que podem tirar ser bem estar.

5min. de leitura

Muitas vezes nos deparamos com situações desagradáveis, que chega até fazer com que mudamos nossos princípios, más como será que as poucas pessoas que conseguem  reagir a isso fazem? Essa é uma pergunta muita das vezes até difícil de responder porque depende muito da pessoa, do sentimento dela da forma com que ela lida com os problemas so dia a dia, e em muitos casos chega até ser estranho elas não saberem lidar com esse tipo de situação.



Mas vou tentar ajudar a vocês dando algumas dicas de como enfrentar esse tipo de problema que muita das vezes chega a nos magoar muito, e não vemos nem sentido em lutar por aquilo que queremos conquistar, espero que gostem vamos lá.

 

Fingir que está tudo OK, quando não está.

– Você se sente oprimido? Você sente vontade de desistir? Não  há  vergonha nisso. Você não é um robô; e mesmo se fosse, você ainda precisa parar para manutenção, às vezes. Não há vergonha nenhuma em admitir para si mesmo que você se sentir exausto, duvidoso, e baixa, decepcionado. Esta é uma parte natural do ser humano. Você tem que  está ciente  que você é capaz de mudar as coisas. Não há problema em desmoronar por pouco tempo. Nem sempre você tem que fingir ser forte, e não há necessidade de provar constantemente que tudo está indo bem. Você não deve se preocupar com o que as outras pessoas estão pensando ou,  chore se você precisar, é saudável derramar lágrimas as vezes. Quanto mais cedo você fizer isso,  mais cedo você será capaz de sorrir novamente.



Resistência à mudança e crescimento.

– Você deve sempre deve se perguntar: “Estou empenhado(a) em se sentir bem, ou eu estou comprometido(a) com o crescimento?” Porque o crescimento nem sempre nos faz se sentir bem, e sentir-se bem não fornece sempre o crescimento. Também não é errado, desde que haja equilíbrio. O importante é lembrar que estar desconfortável também é importante, e este desconforto muitas vezes chega na hora certa. Não evite-o – abrace-o. Canalize sua energia em andamento para direcionar ao ponto certo. Todo crescimento começa no final de sua zona de conforto. Quando você está se sentindo desconfortável, sabe que a mudança que está ocorrendo em sua vida é um começo, não um fim.


Levando tudo pessoalmente. 

– Há uma enorme quantidade de liberdade que vem quando você não toma tudo pelo lado pessoal. E raramente as pessoas fazem as coisas por causa de você de qualquer maneira. Eles fazem coisas por causa deles. Assim, mesmo quando parece pessoal, ele provavelmente não é. Lembre-se disso. E quando você se sentir irritado, com o coração partido, ou vitimado pelas ações de outro, veja se você pode encontrar dentro de você qualquer semente de suavidade, em algum lugar no fundo de que entende o quanto a dor que essa pessoa deve ter passado, ou esta passando, tente relevar e ver o lado dela, procure um meio de não levar para o lado de que tal acontecimento  foi feito somente para te magoar ou te ver para baixo, e lembre-se nunca fique fora de alinhamento com sua integridade.


Ação de se preocupar e se preocupar e se preocupar e sem tirar da cabeça.  

– A preocupação é o maior inimigo do momento presente. Ele não faz nada, mas roubar sua alegria em mantê-lo muito ocupado fazendo absolutamente nada. É como usar sua imaginação para criar coisas que você não quer. Quebra esse hábito negativo! É muito melhor ser exausto de esforço do que estar cansado de não fazer nada não é mesmo?  Não desperdice o seu esforço evitando esforço. Hoje, pergunte-se o que é realmente importante e, em seguida, tenha a coragem de construir o seu dia em torno de sua resposta.


 

____

Fonte: Marc and Angel Hack Life adaptado por: Guthierres via O Artigo

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.