8 situações que todos os empatas já vivenciaram:

6min. de leitura

Os empatas possuem uma característica de marca registrada: Eles sentem e absorvem as emoções ou doenças de outras pessoas devido à sua alta sensibilidade.

Eles são aqueles que filtram o mundo inteiro através de sua intuição, e parecem ter dificuldade em expressar seus sentimentos em palavras.



Enfrentam múltiplos desafios, diariamente. Na verdade, quando ficam sobrecarregados com o fardo das emoções alheias, empatas podem ter ataques de pânico, depressão, exaustão, comer ou beber compulsivamente e muitos outros sintomas não mencionados. Para alguém que não compartilha a mesma sensibilidade que eles, esses sintomas podem não fazer muito sentido.

No entanto, ser um empata não significa que eles estejam sobrecarregados o tempo todo.

Empatas podem aprender as maneiras de se centrar para que não sintam demais ou sejam sobrecarregados com emoções. O primeiro passo é o reconhecimento.


Reconheça que sim, você é um empata, então siga a partir daqui.

Aqui estão 8 coisas que todas os empatas já vivenciaram, bem como algumas dicas úteis sobre como se proteger de ser facilmente oprimido:

1. Ser altamente sensível

Os empatas são espiritualmente mentes abertas, grandes ouvintes e doam-se aos outros. Eles são muito acolhedores, seus corações são enormes. Esta é uma razão pela qual eles podem facilmente ter seus sentimentos feridos. Os empatas ouvem, frequentemente, que são “sensíveis demais” e precisam “amadurecer.”


2. Absorver as emoções de outras pessoas

Eles são muito perceptivos sobre o modo como outras pessoas se sentem, bem ou mal. Quando digo que eles sentem tudo, é porque eles realmente sentem. Seu humor torna-se o humor dos outros. Quando as emoções negativas, tais como a raiva ou o medo, são proeminentes em outro, eles tomam como se fosse seus próprios medos, o que pode ser cansativo para eles. Se eles estão em torno de influências positivas, como a paz e o amor, por exemplo, seus corpos absorverão isso e florescerão.



3. Ser altamente intuitivo

Para aqueles que vivenciam o mundo através de sua intuição, desenvolver essa habilidade é extremamente importante. Ouvir a sua intuição sobre as pessoas ajuda os empatas a encontrar relacionamentos positivos e a evitar vampiros de energia.


4. Ser um alvo dos vampiros de energia

Um vampiro da energia é alguém cujas as emoções negativas, como o medo ou a raiva, praticamente sugam a vida e a paz de espírito de uma outra pessoa. Os empatas são alvos fáceis para eles, por sua sensibilidade. No entanto, não é apenas a energia física que é drenada por esses vampiros. Há certos vampiros perigosos, narcisistas, por exemplo, que podem torcer a realidade de uma empata e fazê-los acreditar que são indignos e não amáveis. Outros tipos de vampiros de energia incluem pessoas que se fazem sempre de vítimas, o concorrente crônico, a rainha do drama e outros.


5. Precisar de um tempo sozinho

Obviamente, ser uma esponja emocional pode ser cansativo. Devido a isso, os empatas precisam de tempo sozinhos para recarregar e centralizar novamente. Até uma ruptura momentânea longe das pessoas, pode impedir a sobrecarga emocional.


6. Tornar-se uno com a natureza

Quando a correria constante da vida cotidiana torna-se demais para uma empata, ele busca conforto e consolo na natureza. Estar na companhia de árvores, animais selvagens, jardins, oceanos e praias, restaura sua energia e ajuda-o a liberar seus fardos.


7. Ter os sentidos sintonizados

Não são apenas as emoções e a energia que são sensíveis aos empatas. Eles também podem ficar cansados de certos ruídos, cheiros e sons.


8. Ter um coração enorme e doar-se muito

Os empatas têm corações enormes e quando veem alguém que sofre, tentam aliviar sua dor. Seja um sem-teto, uma criança triste ou um amigo perturbado, é natural para um empata querer alcançar e aliviar sua dor. Mas eles não param por aí. Eles tomam esses sentimentos e, de repente, tomam as dores e ficam chateados, apesar de estarem se sentindo bem, poucos minutos antes disso.

Como um empata, eu considero várias estratégias, quando se trata de proteger a minha natureza sensível. Algumas que eu considero ser os mais benéficas são: a administração de tempo, ajustar os limites com as pessoas que drenam sua energia, meditação para acalmar-se, e passar um tempo na natureza. Ser um empata é uma dádiva, mas requer que você tome conta de si mesmo. Os empatas são indivíduos especiais e, portanto, têm necessidades especiais. Se você é um empata, uma pessoa sensitiva, é vital que honre suas necessidades e as comunique aos seus entes queridos.


Referência:  Uni Soul Theory   

 

Traduzido pela equipe de O Segredo – Fonte: Mystical Raven

Direitos autorais da imagem de capa: bialasiewicz / 123RF Imagens

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.