EnergiasLei da Atração

A relação entre a doença e a frequência da energia:

Energia é a substância base de tudo no universo, sem energia não haveria vida, porque a vida precisa de energia para alimentar sua existência, a energia que criou a nossa matrix do tempo e do universo tem uma capacidade única que lhe permite ter expressão infinita, esta expressão infinita é conseguida através da frequência vibratória.



Vibração, frequência e saúde

A frequência vibratória desempenha um papel importante na criação da nossa realidade física, uma vez que permite que a energia se expresse em qualquer forma, incluindo moléculas, átomos, planetas, estrelas, vida biológica e até mesmo doenças, para ser mais específico, cada ser ou coisa biológica ou não biológica tem uma assinatura de energia única que vibra em certas frequências, entender como funciona a frequência de energia é importante para o seu bem-estar, porque quando a sua energia não está vibrando corretamente, você é mais vulnerável a doenças.

Abaixo está um trecho de justalist.blogspot.com sobre como a frequência vibratória desempenha um papel importante na sua saúde e como ela pode ser usada para curar doenças, as informações sobre a frequência de energia em justalist.blogspot.com se correlacionam bem com as informações em meu livro Staradigm, na verdade, algumas das informações são quase idênticas, apesar de eu nunca ter acessado este site até recentemente.


Em 1992, Bruce Tainio da Tainio Tecnologia, uma divisão independente da Eastern State University em Cheny, Washington, construiu o primeiro monitor de frequência no mundo, Tainio determinou que a frequência média do corpo humano durante o dia é de 62-68 Hz, a frequência de um corpo saudável é de 62-72 Hz, quando a frequência baixa, o sistema imunológico fica comprometido, confira essas conclusões muito interessantes:

Corpo Humano:
Frequência cerebral de um gênio: 80-82 MHz


Faixa de frequência do cérebro: 72-90 MHz
Frequência normal do cérebro: 72 MHz
Frequência do corpo humano: 62-78 MHz

Frequência do corpo Humano do pescoço para cima: 72-78 MHz
Frequência do corpo Humano: do pescoço para baixo: 60-68 MHz glândulas tireoide e paratiroides são de: 62-68 MHz
Frequência da Timo de: 65-68 MHz

Frequência do coração de: 67-70 MHz
Frequência dos pulmões de: 58-65 MHz
Frequência do fígado de: 55-60 MHz

Frequência do pâncreas de: 60-80 MHz

Gripes e resfriados a partir de: 57-60 MHz
A doença começa com: 58 MHz


Supercrescimento da candida começa em: 55 MHz
Receptivo para vírus Epstein Barr em: 52 MHz
Receptivo ao Câncer em: 42 MHz

Morte começa em: 25 MHz

Se você está interessado em como a vibração e a frequência se relacionam com a sua saúde e como elas podem ser usadas para tratar doenças crônicas, eu recomendo visitar justalist.blogspot.com e ler o artigo completo.

Vibração, frequência e doença


Se você é capaz de manter a frequência do seu corpo acima de 62 MHz, você não deve se preocupar com ficar doente, para evitar que a frequência do seu corpo caia a níveis inferiores, evite comer comida lixo, açúcar branco, refrigerantes, comida enlatada e alimentos processados, além disso, pratique a meditação em uma base regular, porque a meditação aumenta a taxa de vibração de sua energia.

A ideia de usar frequência para curar doenças não é nova, na verdade, este método foi posto em prática por alguns cientistas no início de 1900, alguns desses cientistas foram capazes de matar células cancerosas sem danificar as células normais usando apenas geradores de frequência, infelizmente, a maioria destes cientistas foram mortos ou desistiram de suas práticas por causa de ameaças da indústria farmacêutica convencional.

Geradores de frequência e câncer

Geradores de frequência são capazes de matar células cancerosas sem danificar as células normais, porque a frequência das células cancerosas é diferente das células normais, uma vez que a taxa de frequência vibratória da célula cancerosa é determinada, os cientistas podem usar geradores de frequência para gerar uma frequência específica que pode destruir as células cancerosas, isto também pode ser aplicado a bactérias e vírus, utilizar geradores de frequência para destruir células e micro-organismos não é difícil com o conhecimento e as habilidades certas, no entanto, para destruir organismos mais evoluídos é muito mais difícil.

Para ser capaz de utilizar frequências para destruir ou prejudicar organismos mais evoluídos, tais como animais e seres humanos, é necessário um grande entendimento da mecânica da energia e do objeto, felizmente nossos cientistas e governo não têm o conhecimento para criar geradores de frequência que podem prejudicar os organismos mais evoluídos.

©PL Chang

Origem: energyfanatics

Como ser positivo? como se libertar da negatividade?

Artigo Anterior

Como se tornar uma mulher irresistível? – [ a visão dos homens ]

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.