Ser gentil melhora o humor, aumenta a autoestima e até contribui para uma vida mais saudável!



Pessoas gentis são mais saudáveis e vivem mais, são mais amadas e produtivas,

têm mais sucesso nos negócios e são mais felizes do que as outras.

Em outras palavras, são mais fortes e propensas a levar uma vida muito mais interessante e gratificante do que aquelas que não têm essa característica. O veredicto é do psicoterapeuta italiano Piero Ferrucci, autor do livro “A Arte da Gentileza” (Editora Alegro).


No livro, é listada uma série de justificativas que atentam para a importância da cordialidade na construção de um dia a dia mais tranquilo, prazeroso e, até mesmo, mais saudável.

Vacina contra a insegurança

Segundo o autor, manter um relacionamento amigável com as outras pessoas é um poderoso antídoto contra a angústia e a insegurança. A ideia é que, ao tratar bem aqueles que estão por perto, você conquista a todos e, portanto, passa a não ter necessidade de esconder seus sentimentos ou ficar apreensiva quando algo lhe incomoda.

Banco de energia


Sendo gentil, você acaba tendo mais disposição para se empenhar em tarefas que realmente lhe dão prazer. Isso porque, ao se preocupar com o bem do próximo, você dificilmente acumula ressentimentos ou precisa perder tempo, defendendo-se de intrigas. A decorrência disso é um temperamento rotineiramente bem-humorado.

381429

Mais resultados

Num ambiente afável, a tendência é que haja cooperação para resolver os problemas mais rapidamente. “Se há um clima de acolhimento, a inibição perde o sentido. As pessoas não precisam se travar diante do outro, que é visto como um parceiro”, diz a psicóloga Sonia Touro, professora do Instituto Sedes Sapientiae, em São Paulo.


Filhos independentes

Um lar cheio de calor humano favorece o desenvolvimento de uma personalidade mais autônoma entre os pequenos. Graças ao carinho dos pais, eles se sentem seguros para tomar decisões. A lógica é que, se errarem, certamente poderão contar com o apoio da família. Um estudo feito em Harvard mostrou que 25% dos filhos de pais afetuosos tendem a desenvolver alguma doença grave, contra 87% daquele que cresceram num ambiente onde reinavam a impaciência e a agressividade.

0b91d1ceecfc1356a579bd6ef753293b6c374ae3

Criatividade em alta


Dedicando-se ao próximo, você acaba conquistando amizades sinceras. Isso contribui para que as pessoas se sintam mais soltas e exponham suas idéias sem receio de ser ridicularizadas. Resultado: mentes audaciosas e um manancial de soluções práticas surgindo a todo instante. “Com paciência e carinho, qualquer problema é resolvido com mais facilidade. As pessoas trabalham com prazer e muito mais motivação”, comenta Sonia.

tumblr_lqrvbjurzw1qastypo1_500

Autodescoberta

Ser gentil ainda é um atalho em direção ao que existe de mais pessoal dentro de cada um. À medida que você se identifica com o sofrimento e as necessidades do próximo, tem a chance de expressar seus sentimentos mais nobres e descobrir que a bondade e a tolerância podem encontrar muito abrigo numa só pessoa. Sem dúvida, sua autoestima agradece.


Fonte: M. de Mulher

Como exercitar o não – a vida começa onde termina a zona de conforto!

Artigo Anterior

Realizador de sonhos

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.