EnergiasEspiritualidade

Os 11 motivos que causam a perda de nossa energia:

11MOTIVOS

1- Vícios –



Temos vícios de diversas formas:

a) Vícios comportamentais – adquiridos através de um condicionamento mental que recebemos durante a formação de nossa personalidade e que estejam fundamentados em negativas.

b) Vícios posturais – que nos levam a termos uma postura inflexível ou relaxada diante de fatos importantes de nossas vidas. Estes são provenientes de formas de proteção que criamos ou de formas de adaptação motora ou social.


c) Vícios emocionais – são os mais profundos e causadores de outros vícios. Emocionalmente, podemos nos sucumbir a certas situações que nos levam a um comportamento oscilante e, na maioria das vezes, leva-nos ao uso de álcool, cigarros e drogas ilícitas e lícitas.

Seja qual for o tipo de vício, o portador não os percebe ou não os assume como vícios. Sempre explicam ser comportamentos normais.

2- Emocional –

Geralmente, a pessoa tem algum tipo de intriga com alguém que precisa ser dissolvido ou algum evento emocional que a deixou com algum foco de energia de baixa vibração registrado na alma através de mágoas, raivas etc.. Algumas pessoas passam por eventos emocionais ainda quando criança e “salvam” tais registros em uma pastinha em seu bio-HD e, que posteriormente, diante de fatos similares, tais sentimentos vêm à tona, estimulando sentimentos de medos, recolhimentos, entraves e até mesmo, síndromes como as do pânico.


3- Medicamentos –

Implica que a pessoa toma ou tomou algum tipo de medicamento que alterou seu padrão vibracional. Existem medicamentos que, com seu uso prolongado pode acumular substâncias em algum órgão e causar distúrbios secundários além de um tipo de intoxicação. O organismo quando está sob influência de substâncias químicas, reage de forma diversa para promover sua expulsão, por não ser assimiladas naturalmente, podendo causar uma alteração vibracional e, consequentemente, perda de energia.

4- Hereditário –

Recebemos heranças tanto genéticas quanto energéticas de nossos antepassados. Em alguns casos, existem antepassados nossos que enquanto vivos, tiveram algum tipo de comportamento ou de distúrbio psíquico e/ou físico e que esteja interferindo vibracionalmente no campo energético da pessoa. Esta pessoa pode sentir dores, cansaços, sintomas psíquicos ou físicos sem que se encontre a origem. Nossos antepassados até a 12ª geração podem interferir em nosso campo vibracional, caso estejam energeticamente, não afetivamente, ligados ao nosso campo vibracional. Isto acontece por um tipo de simbiose vibracional.


5- Físicos –

nossa energia física e densa, ou seja, quando sentimos algum sintoma físico ou psíquico, procuramos ajuda para saber do que se trata. Porém, existem alterações vibracionais em nosso campo vibracional que podem não ocasionar sintomas, mas estar causando perda de energia. Ou podemos sentir sintomas localizados, sem que se encontre nada no físico. Isto ocorre porque toda manifestação vibracional com baixa frequência, desestabiliza camadas sutis do ser antes de chegar à camada física. Podemos perder energia com facilidade se algo nestas camadas vibracionais e, principalmente, no físico estiver desequilibrado.

6- Alimentação –

Podem existir alimentos que são venenos para uns e não fazem nenhum mal a outras pessoas. A indústria alimentícia começou a fabricar alimentos à base de conservantes, acidulantes, aspartames, aromatizantes, para que os consumíssemos e nos sentíssemos alimentados. Alimentados e nutridos não são sinônimos. A qualidade do que ingerimos vai estabelecer critérios para nossa saúde. Nossas células se nutrem do que ingerimos. Caso nosso cérebro dê um comando necessitando de um certo nutriente e nosso sistema digestivo não tiver tal nutriente, ele vai enviar algo de alguma forma, mas que não ira nutrir o necessário. Dai acontecem os déficits nutricionais, mesmo a pessoa estando alimentada. O desequilíbrio alimentar é uma das causas mais importantes para a acidez de nosso sangue, causando assim, adoecimentos crônicos em poucos anos. E assim perdermos energia.


7- Ondas negativas –

São influências vibracionais oriundas de terrenos, residências, locais de trabalho, torres de telefonia, torres de eletricidade e subsolos. Este tipo de interferência suga a energia das pessoas que ali permanecem ou convivem em algum momento do dia. Muitos adoecimentos são causados por este fator, mas que a maioria das pessoas não se dá conta. Podem se sentir cansadas, irritadas, com insônia, esgotadas e nervosas, desanimadas. Esta influência vibracional de tais ondas negativas pode separar casais, pais e filhos e causar desajustes financeiros, profissionais e pessoais. Algumas tatuagens, arte no corpo, também interferem em nossa saúde energética.

8- Magia –

é nada mais do que intenções conscientes com baixa vibração que pessoas enviam através de pensamentos, sentimentos ou atos. Se a pessoa estiver com um campo vibracional vulnerável, provavelmente, será contaminada por esta vibração e apresentará tais interferências através de sintomas, comportamentos e até mesmo levando a quadros patológicos que requerem cuidados médicos. É um tipo de influência muito nociva que provoca alterações na vida psíquica e física da pessoa e pode não ser descoberta a origem com tanta facilidade. Estamos vulneráveis a este tipo de influência vibracional. Para nos imunizarmos, temos que ter comportamentos, pensamentos e sentimentos com boas vibrações para não entramos na sintonia vibracional de tal interferência emanada por terceiros intencionalmente.


9- Energyvamp –

é o mesmo que sugador de energia. É uma pessoa encarnada, com algum grau de afetividade conosco. Uma pessoa que tenha um sugador de energia pode se sentir cansada, fraca, desestimulada, sufocada, manipulada, incapaz e dependente. Isto porque um sugador de energia se viciou na energia dela como fonte de alimento energético e mesmo sem ter contato físico isto pode ocorrer, independente de distâncias geográficas. Um sugador de energia, na maioria das vezes, suga a energia de alguém sem perceber e não é por maldade e sim por necessidade energética. Isto acontece porque o doador, doou mais energia do que o necessário, por questões afetivas e transformou o outro em um sugador de energia. O simples afastamento físico não resolve tal situação. Mas o sugado pode lidar com seu sugador de energia sem perdas, mudando seu padrão vibracional e, tornando a relação saudável, sem a sugação.

10- Autossugestão –

É um tipo de comportamento de fundo psíquico. É o mesmo que autossabotagem. Nascemos com uma dose aceitável de autossugestão. É uma sensação que criamos em nossa mente e que sempre está contra nós. Geralmente, pessoas com sentimento de autodesvalorização, são autossugestivas. Quando em desequilíbrio, nossa mente se volta contra nós ao ponto de nos sentirmos vitimizados, injustiçados, mal entendidos. Com isto nos enclausuramos e começamos a nos sentir à margem dos acontecimentos e a justificar que estamos sendo abandonados, deixados de lado, desvalorizados e não ouvidos. Com isto nossa autoestima cai e tendemos a nos colocar sempre como vítimas de alguém ou de alguma situação.


11- Obsessores –

são vibrações de desencarnados que rodeiam o campo vibracional da pessoa que esteja com o mesmo padrão vibracional. Este tipo de interferência acontece porque baixamos nosso padrão vibracional e tais interferências se aproveitam das chances que damos. Segundo o Espiritismo, um obsessor é um irmão nosso desencarnado que busca ajuda por estar preso a esta dimensão de energia. Segundo a Física Quântica, atraímos vibrações semelhantes de padrões vibracionais diversos, tanto de boa vibração quanto de baixa vibração, dependendo da frequência vibracional que estivermos expressando. Autores já conseguiram identificar 10 tipos de obsessores. Portanto uma pessoa sob o domínio de obsessores, abriu as portas para esta interferência porque baixou a padrão vibracional dos pensamentos, pensamentos e ações. Não existem obsessores acoplados em campos vibracionais positivados. A pessoa pode sentir peso nos ombros, dores em algumas partes, dores de cabeça nas têmporas, insônias, irritações, digestão lenta e outros sintomas.

Como você pode ver, podemos estar perdendo energia por algumas destas origens citadas e não percebermos os motivos.

Caso você se identifique com algumas destas origens, deve policiar-se ou procurar ajuda.


A Radiestesia é uma técnica que poderá ajudá-lo a identificar a origem de suas enfermidades, através de uma avaliação.

 

por Terapeuta Eliana Kruschewsky – Via:  STUM


Conheça nastya zhidkova, a modelo albina mais linda do mundo!

Artigo Anterior

Foi amor à milésima vista!

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.