Sua interação mútua expande sua experiência de vida individual

6min. de leitura

Você descobrirá que, por meio do poder de seu pensamento e de suas intenções, atrai aqueles seres que estão em harmonia de intenções com você. E você repelirá os que estiverem em desarmonia.



Se suas intenções não estiverem claras, você atrairá confusão; mas se definir de modo específico, a cada dia, o que quer, atrairá especificamente os indivíduos que contribuirão para que você concretize seus intentos.

Como você atrai aqueles que têm intenções semelhantes às suas, essa interação será muito agradável. Uma vez que você reconhece que as pessoas que têm intenções diferentes das suas não precisam influenciar sua vida nem ser atraídas para ela, então não levará muito tempo para sentir que não precisa recorrer as armas (estratagemas) para se proteger ou a barricadas para mantê-las afastadas.

Entenderá que pelo poder de seu pensamento não convidará essas criaturas para entrar na sua experiência.


Quando compreender integralmente o poder do pensamento, você vivenciará com alegria sua própria liberdade de expressão, de ser como é — portanto, será capaz de permitir aos outros a mesma liberdade. Quanto mais você permanecer nesse estado dando exemplo que certamente terá seguidores absolutamente voluntários, haverá um tempo de paz e de maravilhosa felicidade sobre o seu planeta Terra.

 Tudo isso parece absolutamente extraordinário, mas como transformar as palavras que você lê aqui em práticas contínuas de sua própria experiência de vida física?

A Lei da Atração e a Lei da Criação são universais. Elas se aplicam a todas as dimensões e a todas as experiências físicas e não-físicas. E como elas se aplicam à sua criação individual, também se aplicam ao seu relacionamento com as outras pessoas, pela maneira como entram em acordo.


Para ter uma maravilhosa relação com outro ser humano, isso tem de ser desejado por ambos, ou não acontecerá. Como você não pode criar na experiência de vida do outra pessoa, cada um de vocês tem de desejar, em conjunto com o outro, a concretização do relacionamento. Seja em relação pessoal ou de negócios, as intenções de cada um dos seres envolvidos naturalmente contribuem para que o relacionamento seja muito satisfatório.

Como acontece com qualquer criação, quando uma relação está bem estabelecida, o desejo de continuidade tem de permanecer presente, ou ela não resistirá. Todas as criações são assim. Ao criar algo, para mantê-lo, para que siga existindo, você tem de continuar desejando isso — ou dando atenção a isso –, porque de outra maneira ele sairá de sua experiência de vida.

Na medida em que entende e aplica o Processo Criativo, enquanto está individualmente criando, torna-se mais sensível aos “sinais de alerta” e pode bloquear uma criação negativa no momento em que ela começa, então você é capaz de aplicar esse conhecimento para criar relações harmoniosas com outras pessoas, desde que elas também queiram isso.

Quando uma emoção negativa surge dentro de você, e você reconhece que sua frustração ou raiva é um sinal de alerta, naquele momento seus pensamentos, palavras ou ações não estão em harmonia com o acordo feito previamente — então, você tem de parar imediatamente e recordar o que de fato quer. Se permitir que a raiva e a frustração permaneçam, você também criará da maneira errada. E como essa criação não envolve apenas você, mas os outros, é fundamental que você comunique o fato a cada um dos envolvidos, para reavaliar se o que acontece é mesmo o que todos estão querendo dessa interação.

Uma vez que cada um de vocês está voltado para seu próprio desejo, no acordo entre vocês, o sentimento de raiva ou de frustração permanecerá, levando a criação a ser negativa.

QUANDO VOCÊS FOCALIZAM AQUILO QUE DESEJAM, INDIVIDUAL E COLETIVAMENTE, COMEÇAM A CRIAR NA DIREÇÃO DO QUE REALMENTE QUEREM.

Muitos de seus acordos não são satisfatórios e muitas de suas relações não permanecem justamente porque a maioria de vocês ainda não entende o Processo Criativo. Muitos de vocês acreditam que antes de afastar uma emoção negativa devem consertar o que acreditam que causou isso. Acham que têm de pensar sobre um problema inúmeras vezes para que possam finalmente encontrar uma solução para ele e, então, eliminá-lo, porque assim a emoção negativa também irá embora. Mas não é assim que funciona.

QUANTO MAIS VOCÊ PERMANECER COM O FOCO NAQUELE DESEJO QUE GEROU UMA EMOÇÃO TÃO NEGATIVA, MAIS DELE VOCÊ CRIARÁ.

Esther e Jerry Hicks – A  Chave do Segredo

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

* Matéria atualizada em 20/02/2017 às 2:30






Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.