4min. de leitura

Continue a sair com o seu companheiro, vocês são um casal, não apenas pais!

Quando o casal mantém sua conexão e continua fazendo coisas juntos, mesmo depois dos filhos, toda a família é beneficiada!



Os relacionamentos românticos requerem um trabalho constante das duas partes. Envolver-se com outra pessoa e começar a compartilhar com ela todas a sua personalidade e fases de sua vida pode ser muito complicado, por isso o apoio mútuo é fundamental para que as coisas se mantenham firmes, com o passar do tempo.

No entanto, muitos casamentos acabam se deteriorando com a chegada dos filhos, que ironicamente são um dos maiores desejos de que o casal compartilha desde o começo da relação. Sua rotina muda completamente, assim como suas prioridades, e a administração falha da sua relação a dois pode fazer com que se afastem até o ponto de se tornarem desconhecidos.

Muitas vezes, a mulher passa a oferecer todo o seu tempo para a criança, e acaba por isolar o parceiro, ou este exige que todo cuidado com o filho venha de sua companheira, e se isola dessa relação tão fundamental em família.


Esses tipos de atitudes fazem com que a conexão que havia no passado se perca e o casal não compartilhe de mais momentos de felicidade e amor.

Na maioria dos casos, é a maneira como os casais se comportam depois de chegada dos filhos, que os afasta e, eventualmente, leva-os à separação. Eles perdem o companheirismo de que sempre compartilharam e acreditam que tudo deve girar em torno das crianças.

Por exemplo, deixam de ir juntos ao cinema, jantar, conversar com os amigos. Enfim, abrem mão de uma vida que sempre os fez felizes e com isso tornam-se insatisfeitos, sem perceber que esse sentimento é fruto das próprias ações.

O casal continua sendo um par romântico, mesmo depois da chegada das crianças, e não pode esquecer-se disso. Essa nova parte de sua vida não exclui todas as outras, e os cônjuges precisam encontrar uma maneira de manter a relação viva.


Toda a família é beneficiada, quando os pais são parceiros de verdade e não colocam sua relação em segundo plano.

A maternidade/paternidade é parte da vida das pessoas, não sua vida inteira, e compreender isso é a chave para manter a relação saudável, mesmo quando ela passa por essa grande transformação.

Portanto, tire um tempo para estar com seu(sua) companheiro(a), recupere coisas de que sempre gostaram de fazer juntos e não permita que a rotina interfira na conexão de vocês.

As crianças não serão prejudicadas por ficar sob os cuidados de outro responsável para que vocês cuidem da relação, muito pelo contrário, quanto mais felizes vocês forem, mais saudáveis elas serão.

A criação de uma família não é fácil, mas não precisa ser mais difícil do que o necessário. Seu parceiro sempre será o seu maior apoio e, se tiverem uma relação saudável e feliz, tudo será muito mais simples e melhor.

 

Texto escrito com exclusividade para o site O Amor. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos. Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Amor: Peter Bernik/123RF Imagens.

Você sabia que O Amor está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.