publicidade

Depois que mães de aluguel dão à luz ao mesmo tempo, casal gay realiza sonho e vira pai de “trigêmeas”!

Bjarke e Lars, de 44 anos, inicialmente, queriam apenas um filho, mas não imaginavam que a felicidade chegaria em dose tripla. Uma bela surpresa!



Estar diante de histórias assim motiva qualquer um que queira começar uma família. A vinda dos filhos é um marco na vida de qualquer casal que possui esse sonho. Apresentar o mundo a essas crianças, enchê-las de amor e carinho é uma das melhores sensações que um ser humano possa sentir.

Esse caso aconteceu na Dinamarca, os protagonistas são Bjarke Damm e Lars Hansen, ambos de 44 anos, que acalentavam o sonho de terem um filho. Em conversa ao site Mirror, desde que se casaram, em maio de 2007, Lars e Bjarke desejavam muito ser pais, mas não sabiam se era possível, por causa das leis dinamarquesas.

Eles foram em busca de agências de adoção, mas muitas não aceitavam pais gays. Na Dinamarca, também só é permitida a doação de óvulos em circunstâncias médicas bem específicas.

Foi então que Pia, irmã de Bjarke, surpreendeu o casal ao se oferecer para ajudar. Sem saber de Pia, Dannielle, uma amiga bem próxima do casal, também se ofereceu para ser mãe de aluguel.

E com isso restauraram a esperança no coração do casal e, duas semanas depois de Pia engravidar, Danielle também o conseguiu.


Direitos autorais: reprodução Instagram/@dadsntriplets.

A surpresa se deu quando descobriram, dois meses depois, que Danielle esperava as gêmeas Lily e Nora! Foi um cenário que eles não estavam imaginando, mas receberam com muita emoção e alegria. No país em que vivem, ser mãe de aluguel não é legalizado, portanto, eles precisaram esperar dois anos e meio para ter a guarda legal das meninas.

Mesmo com toda a espera, os pais estavam radiantes. Bjarke disse que a oferta da irmã e da amiga do casal foi muito generosa e gentil. Depois de todo o desgosto que passaram, estavam quase desistindo.


Eles consideram as “trigêmeas” como milagrosas.

Bjarke comentou também que é ótimo ser uma família inteira e é revigorante serem legalmente reconhecidos como pais das meninas. Em seu Instagram, eles postam a rotina da família, e é perceptível de longe o tanto de carinho envolvido!

Esse caso teve tanta repercussão, que faz parte de uma série de TV que aborda adoção e mães de aluguel na Dinamarca.

Direitos autorais: reprodução Instagram/@dadsntriplets.

Sabemos que a família pode ser composta por dois pais ou duas mães e o tabu de que antigamente era errado está sendo quebrado. O que importa é o quanto essas crianças serão amadas e respeitadas, isso independe de gênero. Muitos casais homossexuais provaram ser melhores pais e mães do que diversas famílias ditas tradicionais.

Que essa bela história nos sirva de inspiração! O amor é lindo em suas diversas formas!

O que achou desse texto?

Comente e compartilhe em suas redes sociais!

Baixe o aplicativo do site O Amor e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Amor. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.