publicidade

Mãe quis doar bebê com síndrome de Down, mas pai não concordou e, desde então, cria-o sozinho!

Ao decidir ser pai solteiro, esse homem nos dá um lindo exemplo de amor e responsabilidade!



Nem sempre as mulheres estão prontas para encarar certos desafios da maternidade. Infelizmente, o chamado não é para todas, e isso pode custar muito caro, a vida de um pequeno ser, por exemplo. Mas, graças a Deus, existem pessoas iluminadas nesse mundo. Foi o caso de Evgeny Anisimov.

Ele contou ao site Bored Panda que o dia mais feliz de sua vida foi quando seu filho Misha nasceu. Mas a alegria e empolgação deram lugar ao medo e à apreensão, quando os médicos deram o diagnóstico de que seu primogênito tinha síndrome de Down.

Evgeny então foi tomado por um turbilhão de emoções mas, ao se recompor, entendeu que um pai de verdade assume a responsabilidade por um filho, e assim o fez.

Direitos autorais: reprodução Instagram/@evgen_tyz.

Chegou em casa e pesquisou tudo o que pôde sobre a síndrome, e aliviou o coração. Percebeu que o modo e a qualidade de vida de um portador de Down eram semelhantes aos de uma pessoa saudável, que eram bem socializados, podendo trabalhar e estudar, sem grandes problemas.


Nunca foi uma opção para ele deixar Misha para trás. O choque inicial foi apenas momentâneo. Já sua esposa e mãe da criança não pensava da mesma forma. Ela já estava planejando doar o filho deles, temendo que não pudessem criá-lo da melhor forma.

Evgeny tentou convencer sua esposa de que aquela jamais era uma opção e que juntos conseguiriam superar todos os obstáculos. Mas foi em vão. Ela não concordou e ele pediu o divórcio.

De lá para cá, resolveu ser pai solteiro, ou pai-solo. Sua mãe, avó de Misha, sempre aparece para ajudar nas tarefas. Além disso, Evgeny organiza atividades que ajudam no


Direitos autorais: reprodução Instagram/@evgen_tyz.

Os custos desses tratamentos são bem altos e o pai de Misha recebe bastante ajuda de pessoas à sua volta, que se sensibilizam com a história de superação deste pai que priorizou a vida do filho.

Em sua conta no Instagram, Evgeny está à frente da missão de conscientizar as pessoas em todo o mundo sobre a síndrome de Down e ajudar diversas famílias que, assim como ele, precisaram de força e superação para criar um filho com necessidades especiais.

Que bela história! O que acha da conduta desse pai?

Comente e compartilhe este texto em suas redes sociais!

Baixe o aplicativo do site O Amor e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Amor. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.