Família

Menina abandonada com leucemia é adotada por casal homossexual e após 8 anos está curada!

Gastón trabalhava em um hospital quando soube da menina de 3 anos que havia sido abandonada pela família. Foi diagnosticada com leucemia.



A adoção é uma das formas mais legítimas de criar uma família, principalmente porque envolve principalmente amor. Quem opta por adotar precisou considerar todas as possíveis equações e variáveis em sua cabeça, sabe quais podem ser as consequências, mas também reconhece que existe uma criança que precisa de um lar.

Daniel González e Gastón Fernández são argentinos e eram casados havia pouco tempo quando, em 2012, viram o relacionamento mudar completamente ao adotar uma menina de apenas 3 anos. Gastón trabalhava como pediatra no Hospital Notti, onde conheceu Bianca, uma pequena que havia sido abandonada pelos familiares, porque tinha leucemia linfoblástica aguda.

De acordo com o Los Andes, a menina teve um atraso no desenvolvimento, já havia passado por uma das etapas da quimioterapia e apresentava estabilidade, mas sem ninguém que pudesse lhe fazer companhia.


O pediatra ligou imediatamente para o marido para comentar sobre o caso, e como sempre tiveram a ideia de ter filhos, decidiram que adotar a menina podia ser uma boa opção. Assim que Daniel a conheceu pessoalmente, os sentimentos se confirmaram e o casal decidiu dar andamento ao processo de adoção.

Bianca pegou a mão dele e colocou em sua cabeça, como se já tivessem criado um elo inquebrável. Os dois precisaram encontrar os pais biológicos da criança, e levaram muito tempo para conseguir, mas ao fim dessa etapa, já sabiam que seriam finalmente pais.

Direitos autorais: reprodução/arquivo pessoal.

Gastón conta que jamais vai esquecer do dia em que foi chamado ao Registro de Adoção e que eles estavam completamente desesperados para aceitar Bianca. Assim que aceitaram a paternidade, assumiram também os cuidados da filha, que precisou passar por um sério tratamento durante dois anos. Nesse tempo, eles permaneceram em um quarto de hospital, lidando com todas as medicações e intervenções possíveis para salvá-la.


Direitos autorais: reprodução/arquivo pessoal.

Direitos autorais: reprodução/arquivo pessoal.

Mesmo com um caminho árduo e cheio de sofrimento, depois desse período, os três conseguiram finalmente ir para casa juntos. A notícia de que Bianca havia se curado da leucemia pegou todos de surpresa, mostrando que o caminho que teriam juntos ainda seria longo.

Os pais afirmam que são completamente felizes ao lado da filha e que amam sua personalidade. Quando receberam a maravilhosa notícia, decidiram correr atrás dos anos perdidos, frequentando hospitais e conversando com médicos.


Como tinha tido atraso no desenvolvimento, Bianca passou por terapias em psicopedagogas, fonoaudiólogas e psicólogas, que a ajudaram a alcançar as etapas de desenvolvimento que precisava.

Hoje Bianca é uma menina de 11 anos completamente saudável, alegre, sociável, que anda de skate e ama sua família. Daniel e Gastón querem aproveitar todos os minutos ao lado da filha, mesmo sabendo que, em algum momento, vão precisar deixá-la voar livremente, mas o amor e o afeto quase os tornam incapazes de não ser tão próximos.

Descubra como encantar e conquistar o homem dos seus sonhos, de acordo com seu signo!

Artigo Anterior

Mãe em tempo integral desabafa nas redes sociais: “Não temos o luxo de chorar em paz”

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.