publicidade

“Sou adotada e não foi ato de caridade”: jovem agradece a seus pais por criá-la com amor e respeito

Jovem de 21 anos fez uma linda homenagem aos seus pais em sua rede social. Suas palavras comoveram muitos, que a elogiaram sobre o profundo amor por eles.



A gratidão de um filho aos seus pais é uma das coisas mais bonitas de se ver. Um pai e uma mãe fazem muitos sacrifícios e se esforçam para dar o melhor àqueles que são sua maior alegria de viver. Filhos são o motor que impulsiona a jornada dos pais.

O amor é incondicional, seja ele de laço de sangue ou não. O sentimento é o mesmo e a força também. Foi por isso que a jovem Mandisa Zenaya Mlitwa decidiu homenagear seus queridos pais. Ela é natural da África do Sul e foi adotada por um casal mais velho, quando ainda era um bebê.

Foi crescendo num lar totalmente regado a muito amor e companheirismo, e hoje adulta sabe que isso foi essencial para seu desenvolvimento como pessoa. Suas palavras aquecem o coração, pois nos dão a certeza de que um filho sabe ser grato aos pais que tem.

Em sua publicação no Facebook, ela começa dizendo que queria aproveitar a oportunidade e agradecer a Deus por colocar pessoas maravilhosas em seu caminho.

Direitos autorais: reprodução Instagram/Mandisa Zenaya Mlitwa.

Ela relata que é uma menina adotiva, mas nunca se sentiu assim. Sempre seus pais a trataram como se fosse filha biológica. Sentiu-se amada todos os dias, e contou que quando acordava de manhã, sempre a abraçavam.


Direitos autorais: reprodução Instagram/Mandisa Zenaya Mlitwa.

Relatou que mesmo adulta, quando algum problema acontecia, seu pai estava sempre de prontidão para ajudá-la. Hoje, aos 21 anos, Mandisa fez uma reflexão muito importante que temos de tomar como exemplo: precisamos agradecer aos nossos pais por todas as coisas boas que nos fizeram.

Ela aproveitou a homenagem para saudar sua mãe, que faleceu ano passado, de câncer. A menina disse então que, apesar da dor, o amor continua ali. Era apenas ela e seu pai.

Ela conta que ele sempre a faz sorrir e a diverte. Relembrou quando era mais nova e seus pais a vestiam e a levavam para a escola, e não esperavam nada em troca.


Direitos autorais: reprodução Instagram/Mandisa Zenaya Mlitwa.

Ainda se sente amada todos os dias. Seu pai a leva para comer, abre-lhe a porta, é gentil e cortês, continua abraçando-a e dizendo o quanto a ama. Até hoje a faz tomar café da manhã, não importando sua idade.

Mandisa conclui dizendo que sempre será grata a eles, que a acolheram e a amaram como a si mesmos. Finalizou desejando que a mãe descanse em paz.

Que emocionante! Seu amor é genuíno, não importando os laços sanguíneos!

O que achou deste texto?

Comente e compartilhe-o em suas redes sociais!

Baixe o aplicativo do site O Amor e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Amor. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.