Família

Um filho terá bom caráter, se seus pais estiverem dispostos a lhe dar bons exemplos!

Um filho tera um bom carater se os pais estiverem dispostos a darem um bom

Nada adianta reclamar sobre o comportamento dos filhos, se os pais não fizerem sua parte!



Assim que se torna pai ou mãe, há uma transformação única na vida desses seres humanos. Passam a ser referência e exemplo de tudo o que fazem. A responsabilidade pesa sobre os ombros, pois agora seus comportamentos servirão de aprendizado para seus filhos.

É necessário redobrar os cuidados em relação às atitudes. Pais que reclamam dos filhos que não saem do celular, computador ou tv, o que fazem em seu tempo livre? Ajudam a lapidar boas recordações no coração deles?

São diversas histórias de que ficamos sabendo, de crianças de pouco mais de 2 anos que sabem as funcionalidades de um tablet e ficam imersas nesse mundo, enquanto os pais estão fazendo o mesmo. Será que, quando essa criança crescer, ela vai entender que esse comportamento não é legal?


O orgulho que você terá de seu filho depende da maneira como você se comporta diante dele!

Por verem os pais reproduzindo aquilo de que tanto reclamam, por vezes a cabeça dos filhos fica confusa. Eles se enxergam na figura materna e paterna, logo não entendem por que os pais podem e eles não.

Tudo se resolveria com uma boa conversa, mas diante da maneira que alguns conduzem a vida, tempo é algo que falta para a família, e a partir daí os conflitos começam a acontecer.

Infelizmente, reclamar é um vício. E todo mundo já passou por isso. É muito fácil reclamar sobre a vida, sobre os filhos, o trabalho, o relacionamento, a parte difícil é fazer algo para mudar essa situação.


Estar disposto a dar um bom exemplo exige esforço, sacrifício, sabedoria. Não adianta querer que o filho coma salada, se ele só vê você comendo batata frita. Ao dizer que seu filho não gosta de estudar, qual foi a sua atitude quando ele lhe pediu ajuda com o dever de casa? Responder que não entende a matéria, ou que está cansado não vai ajudar.

Quando alguém liga e você pede para o filho atender e dizer que não está, qual é a lição que você está ensinando para ele? Podemos dar inúmeros outros exemplos, e eles podem ser até insignificantes em determinados momentos, mas uma coisa é certa: todos eles são ensinamentos, bons ou ruins.

Crianças aprendem pelas atitudes que enxergam dos pais, pois são as pessoas mais importantes de suas vidas. E assim que esses ensinamentos são aprendidos, eles acham que estão fazendo o certo, pois viram os próprios pais o fazerem.

Quando você adverte seu filho por não se comportar bem, e em pouco tempo replica a mesma atitude dele, só transformará esse momento em confusão.


Lembre-se que, antes de tudo, um filho não pediu para existir, ele não tem culpa, se chegou na hora em que você tinha outros planos. O adulto é você, tenha consciência de que o fruto não cai longe do pé. Às vezes, aquilo de que você tanto reclama no seu filho é justamente aquilo que aprendeu a fazer a vida inteira.

Seja um pai ou mãe admirável para seus filhos e não para os outros. Tenha consciência do seu papel. Não é fácil criar um filho, mas tudo o que tem valor e se constrói com esforço e dedicação não é fácil. No fim, todo esse empenho será positivo. Seus filhos serão fiéis, gratos e pessoas com imenso valor e bondade.

O que achou do texto?

Comente e compartilhe essa reflexão com seus amigos em suas redes sociais!


 

Direitos autorais da imagem de capa: Depositphotos.

Padre Fábio de Melo: “Recuse o fardo de querer agradar a todos. É perda de tempo”

Artigo Anterior

“Adotar não é uma caridade”, diz Giovanna Ewbank sobre a criação de seus filhos e a luta contra o racismo

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.