publicidade

Jesus disse: “Amai-vos uns aos outros” e não somente os que lhe convém

O amor de Jesus Cristo não faz concessões, ele é puro e deve ser compartilhado como todos aqueles que estão à nossa volta, independentemente das nossas diferenças.



Quando Jesus Cristo disse aos seus apóstolos “Amai-vos uns aos outros, assim como eu vos amei” (João 13:34), Ele estava nos repassando um de seus maiores e mais importantes aprendizados.

O amor que Jesus Cristo nos ensinou não faz concessões, não se limita a determinada raça, gênero ou condição social. É um amor puro e universal, que deve ser compartilhado por todos nós e oferecido a qualquer pessoa.

Lógico que essa não é uma tarefa fácil, mas nem por isso devemos deixar de exercitar esse sentimento, diariamente. É difícil amar alguém que nos fez mal, que decepcionou o nosso coração ou trouxe algum tipo de prejuízo para a nossa rotina. Como amar, por exemplo, alguém que cometeu um crime grave?

Devemos nos apegar ao fato de que não cabe a nós julgar as atitudes das pessoas à nossa volta; a justiça divina é implacável, ou seja, mais cedo ou mais tarde, nosso Senhor dará a eles o que merecem, e nosso dever é perdoá-los.

E perdoar alguém não significa, necessariamente, que devemos estar próximos de quem nos fez mal. O perdão faz mais bem a quem perdoa do que a quem é perdoado.


Não custa nada tirar o rancor do nosso coração e tentar esquecer o que não agrega nada à nossa vida.

Também não devemos achar que só são dignas do nosso amor aquelas pessoas que nos agradam ou que têm a ver com o nosso convívio.


Discriminar alguém pela cor da sua pele, orientação sexual ou mesmo religião é como ir contra tudo aquilo que nosso Salvador nos ensinou. Quando caminhou entre nós, Jesus Cristo acolheu os pecadores, os enfermos, os pobres e até os criminosos. Ele não recriminou ninguém, mas alertou que aqui se faz aqui se paga, mas aqueles que se arrependem e buscam a salvação por meio da fé jamais ficam desamparados.

A todo momento, demonstre às pessoas à sua volta que você está disposto a amá-las e ajudá-las no que for preciso.

Seja o tipo de pessoa que estimula e incentiva os outros a serem as melhores versões de si mesmos e não ame só quem lhe convém.

Todos nós somos merecedores de amor, e é isso que nos torna humanos.

Deixe esse sentimento fluir pelos seus poros e compartilhe-o com quem mais precisa. Quanto mais amor você distribui, mas amor você atrai para a sua vida.

 

Texto escrito com exclusividade para o site O Amor. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.

Baixe o aplicativo do site O Amor e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Amor. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.