Pai, proteja a mim e a todos aqueles que amo das maldades deste mundo!

4min. de leitura

Deus é o pai de todos nós e a quem devemos recorrer nos momentos em que o inimigo tenta dominar nossas ações e nos afastar da nossa fé. 



Pai, sinto que a maldade me ronda a todo momento; tento me desvencilhar das más energias, das pessoas de alma pequena, mas sinto que tanto eu quanto todos aqueles que amo estamos sempre suscetíveis às maldades deste mundo. Mas queremos continuar dando orgulho ao Senhor, meu Pai. Queremos continuar tendo amor e saindo por aí para compartilhar a compaixão e a bondade que o Senhor nos ensinou.

Por isso, meu Deus, eu Lhe peço, em meu nome e de todos aqueles que amo: proteja-nos de toda maldade. Faça com que os meus amigos não se deixem levar pela tentação dos prazeres da carne, pelos vícios e assim destruam o seu corpo e a sua alma.

Faça com que minha família permaneça unida, mesmo quando a semente da discórdia estiver querendo brotar em nosso convívio, trazendo-nos brigas e inimizades.

Faça com que a pessoa que eu tanto amo jamais duvide do meu amor e continue feliz ao meu lado. Eu sei, Pai, que o Senhor está me ouvindo, que sempre me ouve, por isso me prostro diante do Senhor, mais uma vez, para suplicar que continue nos auxiliando, que continue nos protegendo.


Eu sei que as forças do inimigo são poderosas, também sei que ele tem artifícios extremamente encantadores, capazes de iludir até os mais crentes, porém eu também sei que a Sua misericórdia e poder são bem maiores.

Eu jamais deixarei de acreditar na Sua existência, da mesma forma como nunca quero me afastar de Sua presença. Eu me coloco aqui, mais uma vez, para ressaltar que em meu corpo ainda habita um coração dominado pela fé.

Ainda quero compartilhar a bondade que o Senhor, sabiamente, ensinou a mim e a todos os meus irmãos. Eu não quero, meu Deus, entregar-me a nenhuma tentação que me afaste do Senhor, e Lhe garanto que aqueles que amo também não.


O Senhor me ensinou que pensar no próximo é uma das mais belas virtudes, por isso eu peço a Sua misericórdia também a eles.

Assim como o Senhor, Pai, eles estão ao meu lado nos momentos difíceis, nas horas de insegurança, nos dias em que lágrimas insistem em cair. E é em nome desse companheirismo e consideração por eles que eu Lhe peço: proteja-os das tempestades deste mundo.

Não deixe que a maldade invada os seus corações e os leve para longe do Senhor. Eu acredito no Seu amor. Eu busco a Sua glória hoje e sempre. Amém!

 

Texto escrito com exclusividade para o site O Amor. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.