Quem trata o outro com afeto está compartilhando o amor e a compaixão divinas

4min. de leitura

Se você demonstra afeto e compaixão por quem mais necessita, é sinal de que está seguindo os ensinamentos de Jesus Cristo.



Jesus Cristo foi, sem dúvida, uma divindade inspiradora, não só pelas sábias palavras que dizia para aqueles que se propunham a escutá-Lo, mas também pelo que praticava. Um de Seus maiores exemplos era a forma como tratava as outras pessoas.

Quando esteve entre nós, Jesus compartilhava atenção, carinho e compaixão com todos aqueles que se dispunham a estar ao Seu lado, independentemente de quem eles fossem.

Jesus, sem preconceitos ou julgamentos, dedicava atenção especial não só aos que precisavam de água para amenizar a sede ou pão para se alimentar, mas também àqueles que necessitavam ouvir uma palavra amiga, receber consolo em algum momento triste ou direcionamento em meio ao caos e ao descontentamento.


Preocupar-se com aquilo de que o outro necessita, principalmente quando o que ele quer não é algo material, mas sim espiritual, não é só um ato de solidariedade, mas de afeto.

Quando estamos atentos às aflições que tanto afetam a rotina das outras pessoas, devemos nos propor a ajudá-las da forma que estiver ao nosso alcance. Seja com uma palavra amiga, um conselho e perpetuar a compaixão que Jesus Cristo nos ensinou, sempre com afinco e dedicação.

O afeto é, sem dúvida, uma das maiores demonstrações do amor divino, então este é um ensinamento que nunca podemos deixar de lado e deve sempre direcionar nossas ações.

Jesus já dizia que devemos amar o próximo como a nós mesmos, então esta precisa ser a nossa lei. Devemos nos compadecer das aflições dos outros e achar formas de amenizar os fardos que eles carregam, com sinceridade, respeito e honestidade.


Não se trata de ajudar o outro apenas para receber algo em troca, muito pelo contrário. É mais vitorioso aquele que ajuda o próximo a caminhar ao seu lado do que aquele que deixa o outro para trás.

Todos nós devemos caminhar juntos, pois só assim alcançaremos a salvação em Cristo!

Então ore pelos seus familiares, pelos amigos, pelo irmão, procure saber como está o vizinho, o colega de trabalho. Ocupe-se do outro, somente dessa forma podemos saber quais angústias afligem quem está à nossa volta.

A vida não é uma competição, mas um abraço, um aperto de mão, um “boa tarde” ou um sorriso largo e sincero são as maiores recompensas que uma pessoa pode querer ganhar. Então compartilhe o afeto, pois não há demonstração maior da compaixão divina do que essa!

 

Texto escrito com exclusividade para o site O Amor. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos. Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Amor: Vasyl Dolmatov /123RF Imagens.

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.