FelicidadeListasVida

8 coisas que você deveria fazer estando solteiro:

O universo é cheio de coisas boas, mas infelizmente não podemos aproveitar tudo ao mesmo tempo. Feijoada é uma delícia, assim como lasanha – mas não dá pra comer os dois na mesma hora. Dá indigestão. É preciso escolher e, portanto, renunciar a algo. Na área dos relacionamentos funciona assim também – é muito bom estar namorando, ter alguém pra esquentar seus pés na noite fria e pra te dar beijo no nariz de bom dia, mas também é uma delícia estar solteiro.



O pior da história é que a gente só costuma dar valor quando mudamos de status – ou seja, você acha um saco estar solteira até que começa a namorar, e depois fica pensando por que não aproveitou melhor a solteirice. Por isso, para evitar arrependimentos futuros, trouxemos hoje uma lista de coisas que você deveria fazer estando solteira(o) – porque quando mudar o status na vida e no Facebook, nada mais será como antes:

1. Aproveite um tempo só com você

O esperado é que as pessoas não deixem de ser elas mesmas quando namoram, mas dificilmente sobra tempo para se dividir em tantas personas. A rotina dos que namoram, muitas vezes, é trabalhar na semana e aproveitar o fim de semana para curtir o outro. Isso acaba acarretando numa falta de tempo livre para passar com você mesmo, fazendo as coisas de que você gosta ou até mesmo pensando sobre novos rumos para a sua vida. Abuse dessa dádiva enquanto não encontra alguém.


2. Fique com pessoas diferentes

O mundo tem uma diversidade linda de pessoas. Quando namoramos, decidimos que queremos ficar com alguém, porque dentro da relação parece estar mais interessante do que fora dela – o que não exclui o fato que as pessoas continuam lá fora, mais apaixonantes do que nunca. Aproveite a sua solteirice para conhecer pessoas diferentes, beijar bocas novas, explorar outros corpos. Esse privilégio não vai durar para sempre.

3. Grude nos seus amigos

A regra do jogo é: jamais abandone os bons amigos quando começar a namorar. Mas, na prática, mais uma vez o vilão tempo nos boicota. Às vezes falta tempo até para ficar com seu amado(a) e, consequentemente, falta mais tempo ainda para ficar com os amigos. Ou ainda, muitas vezes os seus melhores amigos estão solteiros e querem fazer programas de solteiro, o que acaba te desmotivando. Ou seja – aproveite sua solteirice para ter uma overdose dos seus amigos. Você não sabe quando vai poder fazer isso de novo.


4. Leia

Ler é uma atividade extremamente pessoal, não combina com companhia. Sempre que lemos com alguém do lado, perdemos o foco com mais facilidade, e o prazer de sentar por horas a fio fazendo nada mais do que se deliciar num roteiro ou história acaba sendo prejudicado. Leia tudo o que puder.

5. Não dê satisfações

Quando a gente namora, na maioria das vezes, estabelecemos um acordo que implica em dar satisfações da sua vida para o outro. Sumir por três dias sem dar sinal de vida não costuma ser muito aceitável dentro das relações. Esse é um privilégio único dos solteiros.


6. Viaje para os lugares dos seus sonhos

É claro que, quando namoramos, geralmente juntamos interesses e podemos realizar viagens acompanhados. Mas vai ter sempre aquele lugar para o qual você gostaria de ir e que não agrada muito ao outro – por exemplo, você adora natureza e sonha em fazer uma viagem pela Amazônia, mas ela tem pavor de insetos e bichos estranhos e diz que não pisaria num lugar onde todos os seres parecem querer te matar por nada nesse mundo. Daí você joga essa vontade pro fim da lista, afinal, há outros lugares em comum que vocês têm vontade de conhecer, e nem sempre sobra dinheiro e tempo para visitar todos eles. Por isso, quando estiver solteira, faça aquelas viagens malucas que dificilmente alguém toparia fazer com você.

7. Viaje sozinho

Viajar sozinho é uma das experiências de autoconhecimento mais incríveis que existe. Como você passa a maior parte do tempo sozinho, tem que conviver com você mais do que normalmente, o que resulta em reflexões que você dificilmente teria estando cercado de pessoas – afinal, somente com o silêncio conseguimos ouvir a nossa voz interior. Obviamente, você pode viajar sozinho quando está num relacionamento, mas geralmente tendemos a querer dividir bons momentos com o outro, então o incluímos nos nossos planos. Não que isso seja ruim, mas viajar somente com a sua companhia também é preciso.


8. Faça escolhas pensando somente em um

Um dos maiores desafios dos relacionamentos é pensar sempre em dois. Sabe como é – a gente não aprendeu essa lição na escola, e muitas vezes nos vemos tendo de abdicar de algumas coisas para entrar em consenso com o outro. Até coisas bobas, quando acontecem repetidas vezes, acabam exigindo mais dose de altruísmo – por exemplo: você acordou morrendo de vontade de comer pastel de feira, mas ele está salivando por um americano com ovo mole. Alguém tem que ceder e, na metade das vezes, vai ser você. Por isso, aproveite os poucos momentos na vida nos quais você pode pensar em você sempre em primeiro lugar.

Por: Casal Sem Vergonha


Amar em paris é fácil. Difícil é amar sábado à noite em casa!

Artigo Anterior

5 requisitos para sobreviver a um término:

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.