7 chaves para despertar a alma:

6min. de leitura

A alma está envolvida em um processo de alquimia, para permitir-nos ver a nós mesmos como seres expandidos com poder ilimitado.



Na mente, plantamos sementes para a criação do nosso futuro, florindo da quarta dimensão do que é desconhecido, na realidade material tridimensional.

A seguir estão os entendimentos fundamentais para nos libertar de limitação, e nos abrir para o mundo mágico de possibilidade que pode começar com um sentimento, pensamento, intenção – a abertura de uma porta de entrada para as forças criativas do universo.


1.Aceitação de tragédia pessoal é libertador

O sofrimento deve ser esperado como parte da experiência de vida. Pois é através dele que aprendemos mais.


As circunstâncias que vemos como difíceis, são muitas vezes mais dolorosas devido à não-aceitação e resistência. Uma vez que podemos aceitar e integrar as experiências, a energia é autorizada a circular livremente em nossos corpos a partir do Chakra do Plexo Solar, para o coração e a cabeça, e, em seguida, a dor pode se dissipar.

O maior sofrimento não é causado pelos próprios eventos, mas por nossos sentimentos em torno do que aconteceu, e nossa não-aceitação dos eventos à medida que se desenrolavam.

Aceitação convida cura.


Não aceitação ou supressão cria sofrimento. Entregar-se é a liberdade suprema, instigando um processo de a alquimia interna onde a mudança interior real é possível.


2.Em um nível de alma nós escolhemos as nossas experiências e, assim, criamos a nossa própria realidade.

Consciente ou inconscientemente, em algum nível da nossa alma, nós escolhemos tudo.

Portanto, não é preciso ou útil ver a si mesmo como uma vítima de alguém ou alguma coisa. Tecnicamente, isso nunca é o quadro completo ou preciso do que se desenrolava. Vermos a nós mesmos como vítimas, é o que perpetua esse carma.


3.O livre-arbítrio é o nosso poder de escolher como respondemos

Tudo o que acontece a nós segue as escolhas que fazemos.

Cabe a nós, então, responder a essas experiências com mindfulness. Este é o nosso livre-arbítrio. Todas as experiências trazem sabedoria e aprendizagem conisgo, e todas elas podem ser interpretadas de forma positiva como uma experiência de aprendizagem.


4.O perdão nos liberta do sofrimento.

Rancores e sentimentos negativos para com os outros apenas nos aprisiona. Nós nos tornamos vítimas de nosso próprio sofrimento, e não vítimas da pessoa que supostamente nos prejudicou de alguma forma.

Nós fazemos mais mal a nós mesmos não pelo que alguém fez para nós, mas por nossa reatividade com a situação. Perdão libera outros de nossa experiência interna, e podemos usar isso como um catalisador para vivermos uma vida de liberdade.

O perdão nos liberta de sermos reféns de culpa e vergonha.

O perdão abre a porta de entrada para liberar a negatividade, e a substitui com sentimentos positivos de amor, paz e espaço.


5.Somos todos um aspecto da consciência de Deus

Nós somos todos aspectos de Deus e nossa consciência é uma parte da consciência de Deus. Como uma manifestação de Deus, somos seres divinos literalmente.

Cada pessoa vem com uma essência única, uma visão única do mundo, uma “verdade” única, que contribui para o todo.

O conhecimento de uma pessoa é baseado em suas crenças únicas, experiências e educação. A forma como nos comportamos impacta outras pessoas e nosso meio ambiente, sobre os níveis energéticos, cósmicos e físicos.

A realidade funciona em camadas de consciência, criadas por nossos pensamentos. Nada pode vir a ser até seja concebido inicialmente como um pensamento.


6.O nossa maior poder está no agora

Estamos em constante evolução à medida que continuamos a expandir nosso conhecimento. Nós nascemos para evoluir em nossa consciência – é nossa natureza.

Passado e futuro estão mudando constantemente em meio a nossa consciência presente. Assim, mudando a forma como discernirmos o passado, o mudamos; mudando a forma como interpretamos o presente, mudamos o futuro.

Nosso maior poder está no momento da escolha – o momento presente.


7.A alegria é o dom da alma

O espírito infinito puro – energias puras do reino mais elevado – não são apenas encontrados em livros ou estudo crítico. Estas mesmas essências – alegria, amor incondicional, aceitação, bondade e compaixão – estão entre nós. Estas são as qualidades da nossa alma.

A alegria do coração e da alma é uma qualidade de pureza que traz a vibração mais elevada do espírito. É alegria que convida milagres em nossas vidas.

_____________

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

* Matéria atualizada em 23/11/2015 às 4:24






Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.