Coisas que você deve fazer antes de chegar aos 60 anos

10min. de leitura

Com saúde e estabilidade financeira, os 60 podem ser a melhor fase da vida. Para aproveitar ao máximo listamos dicas que ajudam a chegar lá sem tropeços!

Se há algumas décadas fazer 60 anos significava se dedicar aos netos, ao artesanato e ao bingo com as amigas, hoje o conceito é totalmente outro. Muitas pessoas afirmam que a vida começa aos 60. Com tempo livre de sobra, uma vida financeira estável e um corpo cheio de disposição, é sim possível viver o melhor da vida nesta fase.



Segundo a psicóloga e especialista em comportamento feminino Tabatha Moraes, o avanço da medicina e da tecnologia proporcionou um maior número de pessoas idosas ainda socialmente ativas. No entanto, muitas delas não se preocupam em planejar essa importante etapa da vida, o que acaba gerando frustrações por planos que não puderam ser colocados em prática.

“Para se chegar aos 60 anos sem arrependimentos, mais do que sonhar, é preciso realizar. Com isso, considero que traçar um plano de ação para alcançar objetivos a curto, médio e longo prazo seja importantíssimo para se manter motivado em qualquer idade”, aponta Tabatha.

Além de metas, a especialista em RH e life coaching Gisa Azevedo lembra que é preciso tentar equilibrar a atenção entre todas as esferas da vida: saúde física, mental, financeira, intelectual, amorosa e familiar, entre outras.


“Acho fundamental que a pessoa realize suas metas. E as pequenas conquistas são tão importantes quanto as grandes”, afirma.

Para ajudar a planejar melhor essa fase de plenitude da vida, separamos algumas dicas de o que dá para fazer antes de chegar lá. Quanto mais cedo, melhor. Assim vai ser possível aproveitar muito mais o lado bom de ser um sexagenário.

Veja a seguir 16 coisas que você deve fazer antes de chegar aos 60 anos


1

Ter um plano para a aposentadoria: essa hora vai chegar. E o que você fará depois de deixar o emprego? Investir em um negócio próprio? Fazer só o que gosta? Estudar? Viajar? Morar na praia? Lembre-se que, parar completamente pode ser tedioso e até levar à depressão. Portanto, considere o que fazer, como fazer e quanto isso irá custar.

Guardar algum dinheiro: se preparar financeiramente é fundamental para garantir uma velhice tranquila. Guardando um pouco por mês, é possível chegar aos 60 com uma boa quantia para investir em antigos sonhos e ainda manter um padrão de vida aceitável.

Criar uma sólida rede afetiva: muitas pessoas que chegam aos 60 se sentem sozinhas mesmo tendo família. Ao longo da vida, é importante fazer amizades sólidas  e cultivá-las, fazendo o mesmo com os laços familiares. Lembre-se que família também inclui os amigos, e que os filhos não ficarão sob o seu teto para sempre.

2

Desenvolver uma rede confiável de contatos: ao longo da vida você conhecerá bons profissionais, que irão ajudar em diversos momentos. Guarde-os. Um bom advogado, um médico de grande competência ou até mesmo um mecânico de confiança. Ter pessoas com as quais você pode contar em diferentes áreas pode fazer toda a diferença na velhice.

Fazer um plano de viagens: sabe aqueles lugares que você sempre quis conhecer, mas nunca teve tempo, oportunidade ou dinheiro? Anote-os e vá, aos poucos, montando um plano de viagem para o futuro. Escolha um período que pode ser de um mês ou até um ano, para conhecer o maior número possível desses lugares. E, claro, planeje-se financeiramente para isso.

Retomar ou iniciar um hobby: a intenção aqui não é apenas resgatar a juventude, mas sim se manter ocupado e, o melhor de tudo, fazendo algo que gosta. Além de exercitar a mente, você pode até transformar o lazer em fonte de renda!

habitobomquetedeprazer

Ter um animal de estimação (ou vários): se tem algo que diminui com o tempo é a tolerância e a paciência. Por isso, aprender a lidar com animais de estimação desde cedo ajuda, e muito, a manter a mesma rotina com o avanço da idade. Além disso, a companhia de um ser que depende de você é importante para trazer conforto, afetividade e trabalhar os vínculos. Os netos não estarão com você todos os dias e é bom ter alguém de quem cuidar.

Encontrar uma atividade física regular: o corpo é uma máquina e precisa ser exercitado sempre. E a idade traz consigo algumas limitações. Por isso, praticar um esporte que lhe dê prazer desde cedo facilitará a continuidade mesmo com o avançar da idade.

Morar fora durante algum tempo: a experiência de viver em outra cultura vai ficando mais difícil com a passar dos anos. Então, ao menos uma vez antes dos 60, tente passar algum tempo em outro país. Isso ajudará você a decidir, inclusive, se deseja morar fora do Brasil após a aposentdoria.

coisasaos60topo

 

Investir em outra carreira: começar do zero após os 60 costuma ser bem mais complicado do que aos 30. A nossa cultura ainda valoriza muito a energia do jovem no mercado de trabalho. Por isso, se você tem vontade de tentar uma carreira totalmente oposta da sua, que tal fazer isso agora? Muitas vezes, esperar demais pode fazer com que as oportunidades se percam e, com elas, o entusiasmo.

Fazer as pazes com o próprio corpo: envelhecer é um processo natural e não pode ser mudado. Aprenda a aceitar seu corpo, as suas limitações e gostar de você como é. Isso não significa relaxar e perder a vaidade.. Mas sim ter um pouco mais de benevolência ao olhar-se no espelho. Nada de criticar cada nova ruga ou fio de cabelo branco. Eles são parte da sua história e seu corpo é o melhor que você poderia ter. Invista em sua saúde e viva em paz com sua imagem, sem críticas.

Procurar o equilíbrio (mental e espiritual): estar em paz consigo é uma tarefa difícil. Buscar a ajuda de profissionais como terapeutas e psicólogos pode ajudar muito a entender a maneira como você funciona e, inclusive, libertar sua cabeça de alguns pensamentos e comportamento “incômodos”. O mesmo vale para quem acredita em uma força abstrata, seja ela qual for. Fazer as pazes com o mundo invisível ajuda a ter uma vida mais tranquila e aceitar as dificuldades impostas pelo tempo.

equilibrio

Acertar dívidas: e não estamos falando apenas das dívidas financeiras, mas das dívidas de ordem emocional. Assuma seus erros e busque consertá-los enquanto há tempo. Se você deve dinheiro ou favores para alguém, não negue. Assuma e negocie seus débitos e tente sanar todas as pendências assim que possível. Afinal, você não quer ver a poupança de uma vida escorrer pelo ralo, juntamente quando você mais irá precisar dela.

Desenvolver a tolerância: aprenda que as pessoas são diferentes, o tempo é diferente e o mundo mudou. Envelhecer não significa ficar estagnado no tempo, mas sim ter a sabedoria de viver cada época da melhor forma possível. Aproveite mais as novidades que cada etapa da vida trará. Não se irrite por pouca coisa e tente aprender a ser flexível. Você será uma companhia muito mais agradável se agir assim, já que a tolerância é um dos segredos das amizades duradouras.

Aprender a apreciar a própria companhia: a única pessoa com quem você poderá contar 100% para o resto de sua vida é você mesmo. Então, que tal aprender a gostar pelo menos um pouquinho da solidão enxergando o lado bom de ficar sozinho?Atividades como ler um livro, assistir um filme e cozinhar para si mesmo não precisam ser chatas ou tediosas. Invista em você para ter o que dividir quando estiver acompanhado. Encontre prazer nas pequenas atividades diárias e aceite que ficar só ajuda a organizar os pensamentos e faz parte da nossa jornada.

ladobomdeficarsozinho

Se apaixonar: seja por outra pessoa, por uma ideia, por um livro ou um projeto, não importa! Cultive e mantenha a paixão na sua vida. Ela é uma das maiores forças de realização e traz consigo o desejo de buscar mais e de envelhecer de maneira mais saudável.

Fonte: delasig

 

 

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.