A felicidade está atrelada a todas as áreas de nossa vida. Nossa mente é um cavalo selvagem.



Se não aprender a domar esse cavalo, ele te levará à qualquer lugar. Nós nascemos, vamos para o palco da vida, estudamos, nos formamos, trabalhamos e colocamos a felicidade como uma meta. Um sonho, um objetivo. A felicidade na verdade é um caminho, onde para saber o futuro que você terá, precisa olhar para o que está fazendo agora.

Precisamos reestruturar nosso padrão de pensamento. Isso é muito difícil, mas é aí que está a nossa felicidade.

Somos bombardeados diariamente por informações e pensamentos repetitivos, referências externas, onde o objetivo de alcançar o que se deseja, é colocado acima de nossa essência. Faça uma reflexão: quando se depara com algum problema, algum desafio, como você lida com isso?


A felicidade é ser próspero em todas as áreas da vida. Isso não quer dizer que todos os seus planos irão dar certo em todas as áreas da vida, mas lidar com a vida de forma inteligente, harmoniosa e respeitosa, é olhar para si mesmo. Ouvir a si mesmo.

Procurar dentro de você, suas próprias respostas. Quando pedimos a opinião de alguém, ou expomos nossa opinião ou pensamento sobre qualquer tipo de assunto, cada pessoa vai dar uma opinião diferente.

E sua consciência vai dar prioridade para a opinião que se parece mais com você, ou melhor dizendo, para o que está procurando, o que quer escutar. Tudo que as pessoas falam, vem de suas próprias experiências. Use suas experiências, sejam elas boas ou ruins para evoluir como pessoa.

E o mais importante: quando você parar de ver as outras pessoas como competidores e entender que todos os seres humanos estão na mesma viagem da vida como você, irá sentir a paz interior, a importância que cada ser vivo tem no mundo, e criará diariamente a felicidade que tanto deseja.


Encarando a vida de frente!

Artigo Anterior

6 sinais de que você é um ambivertido:

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.