AtitudeMensagem de ReflexãoReflexão

Fidelidade ao teu coração

Há momentos onde já não encontras palavras para definir o que vai em teu coração.



Há momentos onde já não há energia disponível para erguer a tua bandeira e ir à luta.
Há momentos onde sentir-se triste, melancólico, parece dar mais sabor à vida que anda vazia, isenta de novos ventos, de boas chuvas…
O que é capaz de despertar um coração adormecido?

Onde encontramos a alegria sem um motivo especial?
Por vezes, não parece fácil.
Sabes que tudo está dentro de ti, mas em determinados momentos não consegues resgatar nada além de um breve sopro de esperança, que logo se esvai diante da resistência
em dar atenção a ti mesmo.

Mas, a natureza é sábia e logo te deparas silencioso, ansiando pela tua própria companhia.
No fundo sabes que é através destes momentos que se adquire clareza para saber que tudo precisa de tempo, paciência e cuidados.
Sabes que nestes momentos o silêncio é necessário, assim como dar freios, guardar energia para que a vida volte a fluir, restaurando os estragos e restabelecendo a paz de espírito.
Hás que estar consciente de que nada se prolonga por muito tempo.

Apesar do contrário, o movimento existe, mesmo que sutil, e se permitires, este trabalha em prol do teu equilíbrio interior.
Lembra que a única coisa capaz de sustentar qualquer situação, é a tua vontade em nela permanecer.
Lembra também que a vida é feita de momentos, muitos momentos.
Cabe a ti saber vivê-los, um a um.

Cabe a ti aprender com eles e gerar à tua existência a capacidade para estar atento, pois é através da atenção no presente, que descobres pérolas como compreensão, paciência, confiança e fidelidade ao teu coração.

Abre os olhos

Artigo Anterior

Sem desculpas para a força do amor

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.