Aos 40 anos, o amor deixa de ser um conto de fadas para ser mais “pé no chão”

4min. de leitura

Uma mulher não deixa de acreditar no amor aos 40 anos, muito pelo contrário, a maturidade ressalta ainda mais o tipo de pessoa que ela quer ao seu lado.



Entre as muitas coisas que uma mulher já aprendeu, aos 40 anos de idade, uma delas é qual o tipo de pessoa que ela não quer amar.

O amor não tem idade. Quem pensa que, nessa faixa etária, uma mulher já não quer mais se aventurar por esse sentimento tão virtuoso está perdidamente enganado.

Amar aos 40 anos é como amar aos 25, aos 30 anos, mas com uma diferença fundamental: a maturidade. Uma mulher experiente não quer ao seu lado um homem de comédias românticas do cinema, do tipo que não sabe o que quer, nunca tem certeza dos próprios sentimentos e vive “pisando na bola” com a sua parceira. Um príncipe encantando, muito menos! Há anos ela descobriu que esse tipo de homem não existe.


A maturidade faz com que a mulher esteja em busca de um homem com quem possa compartilhar afinidades, experiências e afeto.

Essa mulher já não tem mais tempo para joguinhos românticos nem mais paciência para inseguranças, indecisão, pois ela se tornou mais direta. Ela está procurando um romance, mas um romance “pé no chão”.

Muitos fatores podem influenciar para que uma mulher de 40 anos esteja sozinha. Talvez por pura opção ou porque só agora conseguiu se livrar de um relacionamento abusivo, depois de anos sofrendo.

Pode ser que só agora ela decidiu dar nova chance para o amor e se casar, depois já ter consolidado a sua carreira e ter uma vida financeira estável.


Os motivos são muitos, e todos eles são válidos. Agora, mais do que em qualquer outra fase de sua vida, ela sabe que qualquer hora foi feita para ser feliz e se entregar ao amor.

Essa mulher não está procurando um homem com o corpo perfeito, o carro do ano ou um saldo bancário espetacular, ela sabe que, em uma relação, o bem mais valioso é o amor. E quer ser amada e respeitada de verdade.

Depois de quatro décadas de muito aprendizado, essa mulher já esqueceu tudo o que não deu certo e as feridas de outras histórias já não doem mais.

Ela está pronta, inteira e totalmente disposta a viver com intensidade, em todos os aspectos, inclusive sentimental.

A maturidade não fez essa mulher esquecer o amor, não a tornou mais fria ou a deixou desiludida. Essa é só mais uma fase que ela está disposta a aproveitar com leveza, tranquilidade e equilíbrio. E se for para viver tudo isso ao lado de alguém que valha a pena, melhor ainda.

 

Texto escrito com exclusividade para o site O Amor. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.